Em minhas-financas / turismo

Ex-policial que arrastou passageiro da United em avião processa a aérea em US$ 150 mil

O processo foi registrado nesta terça-feira (10) em Illinois, Chicago, nos Estados Unidos

United Airlines - vídeo
(Reprodução)

SÃO PAULO – James Long, o ex-policial que arrastou um passageiro da United Airlines pelo avião em abril do ano passado, está processando a companhia aérea e as autoridades públicas de Chicago em US$ 150 mil.

O processo foi registrado nesta terça-feira (10) em Illinois, Chicago, nos Estados Unidos, e nele Long alega que não recebeu um treinamento apropriado para lidar com situações como a do avião, incluindo procedimentos para qual “nível de força” ele deveria ter implementado.  

O valor que o ex-policial pede é referente às perdas financeiras que teve ao ser demitido após a confusão – incluindo salário, benefícios, seguro e planos de aposentadoria – e gastos com advogados e danos punitivos, segundo o texto do processo.

Na época do ocorrido, vídeos e imagens foram publicados nas redes sociais e pessoas de todo o mundo organizaram boicotes à United, além de criticar a postura do policial.

A confusão teve início por conta de overbooking no voo: funcionários da aérea pediram que o passageiro David Dao cedesse seu lugar no voo para outro funcionário. Ele se recusou e, durante a discussão que se iniciou, Long o retirou à força da poltrona e o arrastou pelo corredor da aeronave; Dao, médico de 69 anos, teve o nariz quebrado e outras concussões. O voo partia de Chicago a Louisville, Kentucky, também nos Estados Unidos. 

Ainda no texto do processo, o ex-policial afirma que usou força “mínima, mas necessária”, e que as concussões e ferimentos de David Dao foram causadas por seu próprio “mau comportamento”. Ele ainda afirma que a United deveria saber que ao chamar a polícia da aviação para cuidar do incidente haveria “uso da força física”.

A United ainda não se manifestou sobre o processo, tal como o Departamento de Direito da cidade de Chicago.  

Invista seu dinheiro da melhor maneira: abra sua conta na XP Investimentos. 

Relembre o vídeo divulgado da confusão:

 

Contato