EXPERIMENTE!

Clique e experimente a
versão rápida do

Em minhas-financas / turismo

5 dicas de um ex-agente da CIA para você viajar em segurança

Mathew Bradley diz que é sempre importante planejar sua viagem e evitar erros que podem colocar você, sua família e seus amigos em perigo

Aeroporto
(Shutterstock)

SÃO PAULO – Quando você vai viajar para um país que nunca foi é provável que já tenha ficado preocupado com a segurança do local. Se não há problemas em andar à noite sozinho, ou se os arredores do seu hotel são seguros. Mathew Bradley, agente da CIA por 14 anos e que agora é diretor de uma companhia de seguros de viagem, elaborou uma lista com dicas para fazer uma viagem segura, à pedido do site SmarterTravel.

Confira as dicas:

1) Pesquise sobre o destino antes: o ex-agente da CIA conta que uma das orientações é sempre fazer uma busca sobre o seu destino. Muitas pessoas fazem isso focando nas opções de lazer e entretenimento, mas é importante também saber o nome das principais ruas perto do seu hotel ou do centro, por exemplo. “O ideal é não parecer turista porque pessoas podem se aproveitar da falta de conhecimento para enganar você”, diz.  

2) Faça suas reservas com antecedência: segundo Bradley, o turista não deve viajar sem fazer a  programação completa da viagem, principalmente em relação aos meios de transporte. “Veja se tem metrô por perto, pesquise as linhas de ônibus e se informe no hotel onde pedir taxis”, orienta o ex-agente.

3) Tenha um plano B: o ex-agente sugere que você sempre tenha uma outra opção caso a comunicação tradicional falhe. “Se estiver viajando em grupo sempre marque um ponto de encontro para caso alguem se perca, por exemplo”, diz.

4) Avise alguém: sempre avise para algumas pessoas para onde está indo e com quem. É sempre bom. “Deixe um telefone de contato e informações do voo de ida e voo de volta”.

5) Cuide de seus documentos: tome cuidado com os seus documentos, desde RG até passaporte. Perder algum deles pode arruinar sua viagem.

Embora Bradley possa parecer paranoico, considerando que o trabalho dele como agente era perigoso, ele diz que é sempre importante planejar sua viagem e evitar erros que podem colocar você, sua família e seus amigos em perigo.  

Um exemplo de campo que Bradley conta é que em missões da CIA, sempre colocava um dispositivo na porta. Caso fosse aberta o aparelho disparava um alarme com som para que ele acordasse.

Quer juntar dinheiro para viajar? Invista! Abra uma conta na XP. 

Contato