Em minhas-financas / turismo

Homem é arrastado para fora de voo lotado da United; veja vídeo

O vídeo foi gravado no último domingo (9) e viralizou nas redes sociais

SÃO PAULO – O vídeo de um homem sendo arrastado à força para fora de um voo da United Airlines viralizou nas redes sociais no último domingo (9). O voo saia de Chicago, nos Estados Unidos, e tinha como destino Louisville, também nos EUA.

Com quase 30 segundos de duração, o vídeo foi publicado no Twitter e no Facebook por uma das passageiras a bordo, e mostra três seguranças conversando com um homem que já estava sentado, pedindo para ele saísse de seu lugar no avião. Após este se recusar, seguranças passaram a utilizar a força para arrastá-lo pelos braços até a frente da aeronave.

De acordo com o portal CNBC, testemunhas afirmaram que a companhia aérea anunciou no balcão de embarque que o voo estava lotado e perguntou se havia voluntários para trocar de voo, com reembolso incluso. Ninguém, porém, se manifestou.

Audra Bridges, que publicou o vídeo no Facebook, contou que membros da equipe de administração da United foram até a aeronave e utilizaram um computador para selecionar quatro passageiros aleatórios que seriam removidos da viagem.

O homem do vídeo foi um dos selecionados, e alegou que era médico e precisava visitar seus pacientes pela manhã. Após ter sido retirado do avião, Bridges afirmou que o homem pode retornar ao seu assento, apesar de ter sangue em sua face e parecer ‘desorientado’. Ela conta ainda, que a United não ofereceu update para os demais passageiros que tiveram que sair do avião.

Em comunicado, a United afirmou: “O voo 3411 de Chicago a Louisville estava lotado. Depois de nossa equipe procurar por voluntários, um cliente se recusou a sair da aeronave voluntariamente e seguranças tiveram que ser chamados. Nós nos desculpamos pelo voo lotado. Mais detalhes sobre o passageiro removido devem ser redirecionados às autoridades”.

O escândalo aconteceu menos de um mês após duas adolescentes utilizando calça legging, serem impedidas de embarcar em um voo da United, nos Estados Unidos. O caso também viralizou nas redes sociais e gerou grande discussão acerca do controle de vestimenta dos viajantes pela companhia.

Assista ao vídeo:

 

Contato