Em minhas-financas / turismo

Conheça o casal de aposentados que já morou em casas do Airbnb de 50 países

Michael e Debbie Campbell, de 70 e 60 anos, já se hospedaram em mais de 100 casas do Airbnb

Senior Nomads
(Reprodução/Instagram)

SÃO PAULO – Desde 2013, o casal de aposentados norte-americano Michael e Debbie Campbell morou em 109 apartamentos e casas espalhados pelo mundo, todas propriedades alugadas noAirbnb. Aos 70 e 60 anos, respectivamente, o casal vai atingir a marca do 50º país em que vivem neste ano, a Polônia.

Como contou o Business Insider, eles possuem um site em que registram todos os lugares por onde passaram, o Senior Nomads. Antes de começarem as mudanças, eles tinham uma lista de lugares que desejavam conhecer quando se aposentassem; uma sugestão da filha do casal, Mary, fez com que repensassem a maneira de viajar: ao invés de gastar mais dinheiro com hospedagem em hotéis, sugeriu que optassem pelas propriedades do Airbnb, que sairiam mais baratas.

“Nós percebemos que se se recolhêssemos nossos fundos de aposentadoria e dividíssemos esse valor por mês para viajar e viver em Airbnbs, nós gastaríamos a mesma quantia que usávamos para viver em Seattle”, disse Michael ao site. Para tornar o projeto possível, eles venderam o carro e veleiro que possuíam e alugaram a casa de Seattle.

Eles, então, comparam uma passagem de ida e volta para Paris, onde sua filha vivia com a família. A partir de lá, começaram uma viagem de seis meses pela Europa, se hospedando apenas em Airbnbs, com uma diária de em média US$ 90. Depois de reavaliarem o esquema de viagem, eles continuaram viajando pelo mundo com o mesmo orçamento. França, Israel, Espanha, Sérvia, México, Cuba e Turquia são alguns dos países por onde já passaram

Sobre o turismo nos países em que moraram, eles afirmam que conseguem visitar exposições, concertos e participar de tours pelas cidades, embora tentem se comportar como locais na maioria das vezes. “Não estamos de férias. Estamos vivendo nossas vidas diárias nas casas de outras pessoas em outros países”, disse Debbie, completando que esse estilo de vida é libertador.

Com três anos de viagem, eles contam que se tornaram experts em alugar propriedades no Airbnb. Entre as principais comodidades que elas devem ter estão o Wi-Fi, uma mesa de trabalho, luzes de leitura em ambos os lados da cama e estar localizada no centro da cidade. Existe uma arte de escolher propriedades no Airbnb. Nós lemos as avaliações cuidadosamente e tentamos descobrir através delas quais hóspedes realmente são bons”, contaram.

 

Contato