Em minhas-financas / turismo

Turistas do Reino Unido foram os que gastaram mais com hotelaria no Brasil

Britânicos e irlandeses desbancaram os russos, que foram para a oitava posição, após queda de 17% no valor médio das diárias

torcedoras da Inglaterra
(Pilar Olivares/Reuters)

SÃO PAULO – Os viajantes do Reino Unido foram os que mais gastaram em hospedagem quando estiveram no Brasil em 2014, com valor médio de R$ 445, segundo dados do mais recente Hotel Price Index (HPI), da Hoteis.com.

Em 2013, os russos estavam no topo da tabela, mas registraram uma queda de 17% e passaram para a oitava posição, com um valor por volta de R$ 436. Outras 17 nacionalidades também desembolsaram mais por diárias de hotéis, enquanto 14 pagaram menos, em comparação com o ano anterior.

Os norte-americanos ficaram na segunda colocação, com valor médio de R$ 444, seguidos dos australianos (R$ 443). Para completar o ranking das cinco primeiras nacionalidades, os cingapurianos foram os mais generosos entre os asiáticos, pagando R$ 440, apesar da queda de 6%, e os viajantes da Suíça aparecem com média de R$ 439.

Entre as nacionalidades que pagaram menos por diárias hoteleiras no Brasil estão os portugueses, mesmo com alta de 4%, o valor médio ficou em R$ 306 a noite; já para os espanhóis, o preço ficou em R$ 309, depois de uma queda de 7%.

“Tensões políticas, a queda do preço do petróleo e a desvalorização da moeda são alguns dos fatores que resultaram na queda considerável que vimos no valor pago em hospedagem pelos russos. Em muitos outros países, mesmo os que ficam nos arredores do país, como Finlândia, Bulgária e a República Checa, foi possível notar a diminuição de visitantes russos”, destacou Juan Pasquel, diretor de Marketing da Hoteis.com para a América Latina.

Confira a tabela com preço médio pago por estrangeiros que estiveram no Brasil em 2014:

Posição País 2014 2013Variação
Fonte: Hoteis.com
1º posição Reino Unido R$ 445 R$ 429 4%
2º posição Estados Unidos R$ 444 R$ 438 1%
3º posição Austrália R$ 443 R$ 454 -3%
4º posição Cingapura R$ 440 R$ 467 -6%
5º posição Suíça R$ 439 R$ 407 8%
6º posição Noruega R$ 438 R$ 422 4%
7º posição Argentina R$ 437 R$ 405 8%
8º posição Rússia R$ 436 R$ 528 -17%
9º posição Colômbia R$ 416 R$ 370 12%
10º posição México R$ 413 R$ 403 2%
11º posição Suécia R$ 413 R$ 392 6%
12º posição Canadá R$ 410 R$ 413 -1%
13º posição Equador R$ 410 R$ 404 1%
14º posição Japão R$ 409 R$ 382 7%
15º posição Dinamarca R$ 393 R$ 401 -2%
16º posição Finlândia R$ 388 R$ 391 -1%
17º posição Chile R$ 387 R$ 405 -4%
18º posição Hong Kong R$ 386 R$ 424 -9%
19º posição Panamá R$ 386 R$ 382 1%
20º posição Paraguai R$ 386 R$ 391 -1%
21º posição França R$ 381 R$ 455 -16%
22º posição Peru R$ 377 R$ 343 10%
23º posição Índia R$ 372 R$ 354 5%
24º posição Coreia do Sul R$ 369 R$ 359 3%
25º posição Holanda R$ 361 R$ 359 1%
26º posição Alemanha R$ 358 R$ 357 0%
27º posição África do Sul R$ 354 R$ 414 -15%
28º posição Uruguai R$ 352 R$ 332 6%
29º posição China R$ 339 R$ 329 3%
30º posição Itália R$ 332 R$ 357 -7%
31º posição Taiwan R$ 318 R$ 327 -3%
32º posição Espanha R$ 309 R$ 331 -7%
33º posição Portugal R$ 306 R$ 296 4%

 

Contato