EXPERIMENTE!

Clique e experimente a
versão rápida do

Em minhas-financas / turismo

Crédito faz brasileiros quererem gastar mais nas férias de 2014

Mais de 62% dos viajantes brasileiros e da América do Sul estão mais dispostos a usar o crédito

férias de verão
(Getty Images)

SÃO PAULO - Enquanto a maioria dos viajantes do mundo planeja gastar menos em 2014, no Brasil, o cenário é diferente. Cerca de 40% pretendem gastar mais em suas férias em 2014, enquanto 29% manterão o mesmo orçamento deste ano.

Segundo a pesquisa global TripBarometer da TripAdvisor, os brasileiros também estão mais otimistas com a economia, em relação aos demais viajantes globais. Mais de 44% estão confiantes, enquanto 30% dos viajantes do mundo têm o mesmo sentimento.

Um dos motivos para o aumento do orçamento para as desejadas férias é o crédito. Segundo o estudo, mais de 62% dos viajantes brasileiros e da América do Sul estão mais dispostos a usar o crédito. “Pontos de vista sobre as perspectivas econômicas refletem a vontade dos viajantes em usar o crédito, quanto mais otimistas sobre a economia, mais provável o uso do cartão para financiar suas viagens”, apontou o estudo. Neste aspecto, o Brasil é o quarto País do mundo onde os viajantes são mais otimistas em relação à economia.

“O País ocupa um lugar de destaque em comparação com outros mercados mundiais quando se trata de otimismo em relação à economia, aumentando seus gastos com viagens, mesmo que isso signifique sacrificar gastos em outras áreas", diz a porta-voz do TripAdvisor no Brasil, Blanca Zayas.

Mais viagens e mais longas
Para os brasileiros, 2014 trará mais férias: 50% deles esperam aumentar as férias mais longas e 37% têm planos de fazer mais viagens de curta duração. Quase 100% planejam viagens para destinos dentro do Brasil para o ano que vem e 27% não estão planejando viajar para o exterior este ano.

No mundo, muitos viajantes planejam mais viagens em 2014, 20% com planos para férias curtas e 11% para férias longas.

Foram entrevistados 19.692 viajantes de 26 países, maiores de 18 anos e que fizeram uma reserva de viagem on-line e viajaram ao menos uma vez no ano passado. 

Contato