EXPERIMENTE!

Clique e experimente a
versão rápida do

Em minhas-financas / seguros

Bolsas norte-americanas encerram em baixa; bancos regionais lideram perdas

Seguradoras também sofrem perdas após anúncio da ING; petróleo recua e pressiona ações do setor

v class="show-for-large id-0 cm-clear float-left cm-mg-40-r cm-mg-20-b" data-show="desktop" data-widgetid="0" style="">
SÃO PAULO - Os principais índices acionários norte-americanos encerraram em queda nesta segunda-feira (26), com o setor financeiro liderando as perdas. Destaque para o recuo do índice Dow Jones, que enfrentou queda de três dígitos em pontos (-1,05%) e segue abaixo do patamar de 10 mil pontos.

As bolsas registraram ganhos durante a manhã, com a agenda de poucos indicadores de peso no cenário internacional. Com a chegada da tarde, o índice S&P 500 tocou a resistência de 1.100 pontos, o que segundo os analistas disseminou a pressão de vendedora sobre as ações, principalmente do segmento financeiro.

Indicadores econômicos
Uma pesquisa da NABE (National Association for Business Economics) mostrou que as companhias norte-americanas esperam contratar e investir mais nos próximos seis meses. Foi o resultado mais otimista do levantamento da NABE em um ano.

Ainda esta semana, será divulgado o resultado do PIB (Produto Interno Bruto) norte-americano referente ao terceiro trimestre, com projeções predominantes de expansão de 3,3% no indicador, que sai na quinta-feira.

Construtoras em baixa
As ações das principais empresas do setor de construção civil encerraram o pregão em baixa, com incertezas a respeito da extensão dos programas de estímulo ao segmento. A Pulte Homes (-3,77%) e Home Depot (-0,65%) viram seus papéis se desvalorizarem. As ações da Comstock Building também tiveram forte queda, de 9,19%.

Destaques negativos
O Bank of America teve a maior desvalorização no índice Dow Jones, com suas ações encerrando em baixa de 5,06%. Uma reportagem do Wall Street Journal afirmou que oficiais do governo exigem que a companhia levante mais capital para pagar os resgates governamentais, de acordo com fontes próximas do banco.

As gigantes Alcoa e Boeing também estiveram entre as maiores quedas no índice, com desvalorizações de 3,28% e 3,21%, respectivamente.

Já no índice S&P, as maiores baixas ficaram com os bancos regionais, após o analista Richard Bove afirmar que este setor não deve apresentar lucro até 2011. Bove diminuiu sua recomendação para as ações de Fifth Third Bancorp e SunTrust Bank, de neutra para venda. As ações dos bancos encerram com quedas de 7,93% e 5,43%, respectivamente. Já os papéis do Regions Financial caíram 7,78%.

Ainda no setor bancário, os papéis do Citigroup recuaram 4,26%, enquanto os do JP Morgan e do Wells Fargo registraram perdas de 3,12% e 2,97%, respectivamente. Morgan Stanley (-0,57%) e Goldman Sachs (-0,55%) também viram suas ações se desvalorizarem no pregão.

Commodities recuam
Com o dólar subindo, os preços das principais commodities caíram, sobretudo o petróleo e o ouro. As empresas de energia registraram perdas, com as ações da Chevon caindo 1,60% e as da Exxon Mobil recuando 0,46%.

Seguradoras em queda avaliando anúncio da ING
A seguradora holandesa ING anunciou que dividirá suas unidades bancária e de seguros até 2013 e que pretende levantar 7,5 bilhões de euros através de emissão de títulos, para reembolsar metade da ajuda que conseguiu do governo holandês. A seguradora terá de vender sua unidade norte-americana de online-banking, a ING Direct.

Com o anúncio, as principais empresas do setor nos EUA viram seus papéis se desvalorizarem. As ações da AIG tiveram forte baixa de 6,81%, enquanto as da Genworth Financial caíram 8,08%.

Cotações de fechamento
O índice S&P 500, que engloba as 500 principais empresas dos EUA, fechou em baixa de 1,17%, a 1.067 pontos, acumulando no ano forte alta de 18,12%.

O Dow Jones, que mede o desempenho das 30 principais blue chips norte-americanas, encerrou o pregão em desvalorização de 1,05% atingindo 9.868 pontos e subindo 12,44% no ano, enquanto o Nasdaq Composite, que concentra as ações de tecnologia, apresentou queda de 0,59%, chegando a 2.142 pontos e acumulando no ano forte alta de 35,82%.

%Var Dia Pontos %Var 30D %Var Ano
Nasdaq -0,59 2.142 +2,44 +35,82
Dow Jones -1,05 9.868 +2,10 +12,44
S&P 500 -1,17 1.067 +2,16 +18,12

Contato