Em minhas-financas / precos

Doria e Alckmin mudam valores de integração e bilhete mensal em São Paulo

Integração fica quase 15% mais cara a partir do dia 8 de janeiro, mais que o dobro da inflação projetada de 2016

Máquina de carregamento de Bilhete Único
(Prefeitura)

SÃO PAULO – O prefeito da cidade de São Paulo, João Doria, e o governador do Estado, Geraldo Alckmin, anunciaram mudanças nos valores de bilhete integrado (ônibus e metrô ou trem) e do bilhete único mensal. O valor da passagem unitária de ônibus permanece o mesmo: R$ 3,80.

A partir da semana que vem, quem comprar o bilhete integrado de ônibus + trilhos, ou usar o bilhete único nas duas modalidades durante o período de integração, pagará R$ 6,80 pelo uso de ambos os transportes. O valor anterior era de R$ 5,92, o que significa um aumento de 14,8%, sendo que a projeção da inflação para 2016 foi de 6,28% no último Relatório Focus do ano.

Para o bilhete que tem duração de 24h, o valor subirá de R$ 10 atualmente para R$ 15. Os mensais também sofrem alteração: o comum passa de R$ 140 para R$ 190 e o que compreende duas modalidades vai de R$ 260 para R$ 300.

 

Contato