Em minhas-financas / precos

Diferença entre tarifas de bancos chega a 447,5%, aponta Procon-SP

A avaliação indica ainda que nos pacotes padronizados o menor valor cobrado é de R$ 11,90 no HSBC, enquanto no Itaú a tarifa é de R$ 16,40 - 37,82% mais cara

Pesquisa realizada pela Fundação Procon-SP indica que a diferença de valor entre os serviços bancários prioritários pode chegar a 447,50%, caso das tarifas de "pagamento de contas" na função crédito do cartão: o menor valor encontrado foi de R$ 4 pelo Banco do Brasil e o maior de R$ 21,90 pelo Santander.

 

A avaliação indica ainda que nos pacotes padronizados o menor valor cobrado é de R$ 11,90 no HSBC, enquanto no Itaú a tarifa é de R$ 16,40 - 37,82% mais cara.

 

Na comparação efetuada entre as instituições financeiras pesquisadas em 2014 e 2015 referente aos Pacotes Padronizados I, II, III e IV, o Procon-SP verificou que o valor médio aumentou em todos os planos. A maior variação positiva ocorreu no Pacote Padronizado III: o valor médio em junho do ano passado foi de R$ 18,21 ante R$ 19,93 no mesmo período de 2015, elevação de 9,41%.

 

A pesquisa analisou e comparou os valores de serviços prioritários e de pacotes padronizados de sete instituições financeiras: Banco do Brasil, Bradesco, Caixa, HSBC, Itaú, Safra e Santander. Os valores foram coletados nos sites dos bancos no dia 16 de junho.

 

Contato