Em minhas-financas / planeje-suas-financas

Inflação esperada para os próximos 12 meses é a mais alta desde agosto de 2008

A intenção do consumidor de adquirir bens subiu 6,5%, passando de 88,1 pontos em setembro, para 93,8 neste mês

SÃO PAULO – Em outubro deste ano, os consumidores esperam por uma alta de 7,5% nos preços para os próximos 12 meses. Essa expectativa de inflação é a mais alta desde agosto de 2008, quando era de 7,7%.

Os dados fazem parte da Sondagem de Expectativas do Consumidor, divulgada nesta quinta-feira (27) pela FGV (Fundação Getulio Vargas).

Os consumidores também deram sua opinião sobre as taxas de juros, com 38,4% deles acreditando que os juros vão subir e 25,9% acreditando que o movimento será de queda.

Bens duráveis
Quando o assunto é a intenção dos consumidores em adquirir bens duráveis, a pesquisa revelou que, se em setembro deste ano 19,6% acreditavam que a intenção de compra desse tipo de produto ia crescer, em outubro a parcela dos que têm essa opinião foi para 23,8%.

Por outro lado, a parcela dos pessimistas registrou queda, uma vez que o número dos que acreditam que a intenção irá cair foi de 31,5% para 30% no mesmo período.

Na comparação com outubro de 2010, é possível notar que o número de otimistas e o de pessimistas é mais alto. Naquela época, 15% se declararam mais dispostos a comprar bens duráveis, enquanto 27,4% disseram o oposto.

De maneira geral, a intenção do consumidor de adquirir bens subiu 6,5%, passando de 88,1 pontos em setembro, para 93,8 neste mês. Frente a outubro do ano passado, houve alta de 7%.

 

Contato