Renda extra

PIS/Pasep: abono começa a ser pago hoje; veja calendário e quem tem dinheiro ao repasse

Trabalhadores da iniciativa privada vão receber os primeiros depósitos do PIS a partir de hoje; Pasep libera dinheiro no dia 15

Por  Equipe InfoMoney -

Os pagamentos do abono salarial PIS/PASEP 2022 começam a ser liberados hoje. De acordo com o calendário do governo federal, serão pagos os primeiros repasses do PIS aos trabalhadores da iniciativa privada.

Atualmente, 23 milhões de brasileiros que têm direito aos abonos deverão receber R$ 21,82 bilhões pelo Banco do Brasil (PASEP) e pela Caixa Econômica Federal (PIS).

Trabalhadores residentes em Minas Gerais e Bahia tiveram seus pagamentos antecipados para o primeiro dia de repasse (8 de fevereiro), independente do mês de nascimento, devido às chuvas que atingiram suas casas e comércios.

Leia também:

Os pagamento serão realizados sempre no primeiro semestre do exercício fiscal seguinte. Isto significa que trabalhadores com valores a receber pelo ano-base 2020, receberão em 2022; e trabalhadores com ano-base 2021, receberão em 2023. O valor do abono salarial do PIS/Pasep será de até R$ 1.212.

Calendário de pagamento PIS:

Os pagamentos serão realizados a partir de hoje, dia 8 de fevereiro, de acordo com o mês de nascimento, seguindo a tabela abaixo:

Mês de nascimentoReceberá PIS/PASEP em:
Janeiro08/02/2022
Fevereiro10/02/2022
Março15/02/2022
Abril17/02/2022
Maio22/02/2022
Junho24/02/2022
Julho15/03/2022
Agosto17/03/2022
Setembro22/03/2022
Outubro24/03/2022
Novembro29/03/2022
Dezembro31/03/2022

Calendário do PASEP

Os pagamentos do PASEP serão realizados pelo Banco do Brasil, de acordo com o final da inscrição no PASEP, de acordo com a seguinte tabela:

Final da inscriçãoReceberá a partir de:
0 e 115/02/2022
2 e 317/02/2022
422/02/2022
524/02/2022
615/03/2022
717/03/2022
822/03/2022
924/03/2022

Quem pode receber o PIS/PASEP?

Para receber, a pessoa tem que:

  • estar cadastrada no PIS/PASEP há pelo menos 5 anos
  • ter exercido ao menos um mês de atividade remunerada em 2020
  • ter recebido remuneração média mensal de até dois salários mínimos durante o ano base
  • ter os dados informados pelo empregador corretamente na RAIS (Relação Anual de Informações Sociais)
  • ser elegível pelo DATAPREV
Como calcular 13º, férias e rescisão?
Baixe uma planilha gratuita que te ajuda com as contas de salário, férias, descontos e cálculos demissionais:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.
Compartilhe