Combate à pandemia

Paxlovid: comitê dá parecer favorável ao uso de remédio contra Covid-19 pelo SUS

Anvisa já aprovou o uso emergencial da pílula antiviral da Pfizer, que é indicada para adultos que não precisam de oxigênio e têm risco de complicação

Por  Agência Brasil -

O Paxlovid, pílula antiviral fabricada pela farmacêutica americana Pfizer (PFIZ34) para tratamento contra a Covid-19, avançou no processo de incorporação pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

O remédio é composto por comprimidos de Nirmatrelvir e Ritonavir e teve seu uso emergencial autorizado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) no Brasil em 30 de março.

Ele é indicado para adultos com Covid-19 que não precisam de oxigênio e têm risco de evolução para quadros graves da doença. Seu principal efeito é no combate à piora nas condições de saúde das pessoas infectadas.

O remédio recebeu parecer inicial favorável da Conitec (Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde) durante reunião na terça-feira (12), e seu uso agora será debatido em consulta pública.

Segundo o Ministério da Saúde, a proposta de incorporação do medicamento seguirá o fluxo normal de avaliação da Conitec e será colocada em consulta pública pelo prazo emergencial de 10 dias.

Ela será aberta nos próximos dias, após publicação no Diário Oficial da União (DOU), e o público poderá participar por meio do site oficial da comissão.

9 formas de transformar o seu Imposto de Renda em dinheiro: um eBook gratuito te mostra como – acesse aqui!

Compartilhe