Em minhas-financas

São Paulo está entre as cidades mais estressantes para se viver; confira ranking

Estudo analisou mais de 500 cidade ao redor do mundo através de 17 critérios de avaliação

Stuttgart
(Shutterstock)

SÃO PAULO - São Paulo está entre as cidades mais estressantes para se viver, segundo o ranking "Most and Least Stressful Cities", realizado pela empresa Zipjet, que avaliou as cidades menos e mais estressantes do mundo. A capital paulista ficou em 136º lugar, de um total de 150, sendo as últimas posições as das cidades mais estressantes. O Rio de Janeiro também configura a lista, ocupando o 119º lugar. 

Do lado das menos estressantes, Stuttgart, na Alemanha, segue na liderança, e é seguida por Luxemburgo (Luxemburgo), Hanover (Alemanha), Berna (Suíça) e Munique (Alemanha). 

Para a elaboração do ranking foram considerados 17 critérios de avaliação, dentre eles densidade populacional, percepção de segurança, igualdade de gênero e raça, áreas verdes, transporte público, poluição, dívida per capita, saúde mental e física, desemprego, entre outros. Eles foram divididos em quatro categorias: cidade, poluição, finanças e pessoas.

Confira, abaixo, as cidades menos e mais estressantes do mundo para se viver:

Top 15 cidades menos estressantes do mundo

Cidade País
1. Stuttgart Alemanha
2. Luxemburgo Luxemburgo
3. Hanover Alemanha
4. Bern Suíça
5. Munique Alemanha
6. Bordéus França
7. Edimburgo Reino Unido
8. Sydney Austrália
9. Hamburgo Alemanha
10. Graz  Áustria
11. Zurique  Suíça
12. Seattle  EUA
13. Wellington  Nova Zelândia
14. Nice  França
15. Dresden Alemanha

Top 15 cidades mais estressantes do mundo

Cidade País
1. Bagdá Iraque
2. Cabul Afeganistão
3. Lagos Nigéria
4. Cairo  Egito
5. Teerã Irã
6. Daca Bangladesh
7. Carachi Paquistão
8. Nova Deli Índia
9. Manila Filipinas
10. Damasco Síria
11. Caracas Venezuela
12. Bombaim Índia
13. Iaundé Camarões
14. São Paulo Brasil
15. Joanesburgo África do Sul

 

Contato