Em minhas-financas

Fast fashions vendem moda plus size a preços que cabem no bolso

C&A, Renner e Marisa são algumas das lojas brasileiras para mulheres que usam tamanhos grandes, que não querem estourar o orçamento

moda preta gil roupa gordinha
(Divulgação C&A)

SÃO PAULO - Mulheres com alguns quilinhos a mais costumam sofrer na hora de comprar roupas: além de ser difícil encontrar a númeração certa, muitas vezes as peças custam mais caras por utilizarem mais tecidos. Porém a chegada de coleções plus sizes nas fast fashions brasileiras, ajudam a manter o estilo e o orçamento.

A C&A é um exemplo. A loja acaba de lançar uma coleção em parceria com a cantora, atriz e apresentadora Preta Gil. São 35 peças, como caftãs, vestidos, tops com paetês, franjas e detalhes em renda, além de jeans, com preços que variam entre R$ 19,99 e R$ 99,99.
As peças vão do número 46 ao 56, e chegam às lojas nesta quinta-feira (19).

Mais moda plus size

Outra fast fashion brasileira, a Renner também possui peças para mulheres que usam números maiores. Com coleções plus size desde outubro de 2010, a loja possui peças que vão de R$ 39,90 a R$ 129,90 e podem ser adquiridas também por meio da loja virtual da varejista. Lá a númeração vai do 48 ao 54.

A Marisa, loja especialista em moda feminina, também possui opções. Lá a númeração chega ao 54 e os preços variam de R$ 9,99 a R$ 79,99. A loja possui blusas, vestidos, jeans e lingerie em tamanhos grandes.

E na nova edição da Invista Magazine - já disponível nas bancas e em tablets e smartphone - você conhece dicas de consultoras de moda sobre o que vale ou não a pena compra em lojas fast fashions.

 

Contato