Governo Temer anuncia calendário de saques do PIS/Pasep; confira datas

Pela estimativa oficial, a injeção de recursos na economia com a medida será de mais de R$ 15 bilhões  

Paula Zogbi

Publicidade

SÃO PAULO – O presidente Michel Temer anunciou nesta quinta-feira (28) o calendário de saque dos benefícios de PIS/Pasep, respectivamente para os trabalhadores do setor privado e do setor público. O Saque será permitido para idosos acima de 65 anos (homens) e 62 anos (mulheres), conforme Medida Provisória editada em agosto.

O calendário terá início no dia 19 de outubro, quando serão disponibilizados os recursos para cotistas com mais de 70 anos. No dia 17 de novembro, serão disponibilizados para aposentados, e, em 14 dezembro, para os demais cotistas. 

Clientes do Banco do Brasil receberão os recursos referentes ao Pasep automaticamente em suas contas correntes, enquanto clientes Caixa recebem o PIS no mesmo formato. 

Masterclass

O Poder da Renda Fixa Turbo

Aprenda na prática como aumentar o seu patrimônio com rentabilidade, simplicidade e segurança (e ainda ganhe 02 presentes do InfoMoney)

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Pela estimativa oficial, a injeção de recursos na economia com a medida será de R$ 15,9 bilhões. Antes da MP, só podiam sacar os saldos de PIS/Pasep pessoas acima de 70 anos. A ação vai beneficiar 8 milhões de pessoas, de acordo com o governo.

A divulgação do cronograma seria anunciada antes da viagem do presidente aos Estados Unidos, na semana passada, mas acabou sendo adiada.

O cronograma estava sendo aguardado pelos beneficiários. Recebem primeiro os aposentados com mais de 70 anos.

Paula Zogbi

Analista de conteúdo da Rico Investimentos, ex-editora de finanças do InfoMoney