Enfrentamento da pandemia

Governo estuda fazer nova rodada do saque emergencial do FGTS para 2021, diz jornal

Governo planeja conjunto de medidas que poderão ser usadas conforme a intensidade das crises sanitária e econômica no país, sem impacto nas contas públicas

arrow_forwardMais sobre
Brazilian money pack on isolated black background. Money from Brazil, called REAL, together on a black table. Concept of financial value or withdrawal from FGTS, banking.

SÃO PAULO – O governo federal está preparando uma nova rodada do programa de saque emergencial do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para 2021, segundo informações do jornal Folha de S. Paulo.

Um membro da equipe econômica disse ao jornal que há margem de recursos no FGTS para permitir uma nova rodada de retiradas. Assim, a medida não comprometeria a sustentabilidade do fundo.

A medida compõe um plano de enfrentamento à pandemia e está sendo estudada pelo governo de Jair Bolsonaro, com o objetivo de injetar dinheiro na economia.

O Ministério da Economia está pensando em um conjunto de medidas que poderão ser usadas conforme a intensidade das crises sanitária e econômica no país.

Segundo o jornal, o plano prevê algumas ações iniciais que não terão impacto nas contas públicas.

Por isso, as primeiras medidas a serem acionadas devem ser: antecipações do 13º benefício de aposentados e do abono salarial – valor recebido por trabalhadores formais que recebem até dois salários mínimos.

Apesar do planejamento, a equipe econômica não pretende fazer o anúncio das medidas agora, segundo o jornal. A avaliação é de que as ações implementadas neste ano ainda terão efeito no início de 2021, o que daria um fôlego para o governo até fevereiro.

Isso porque no auxílio emergencial, por exemplo, parte dos beneficiários ainda receberá parcelas residuais até o fim de janeiro. Os programas de crédito para as empresas também seguem valendo.

Considerando o contexto, segundo o jornal, a ideia do governo é avaliar o cenário depois da virada do ano, e com a chance de anunciar mais medidas a partir do final de janeiro.

Quer receber aluguel sem ter imóvel? Thomaz Merluzzi, estrategista de Fundos Imobiliários da XP, oferece treinamento gratuito para quem busca uma fonte de renda passiva – inscreva-se já!

PUBLICIDADE