Em minhas-financas / gadgets

Nova patente do Facebook grava, pelo smartphone, sua reação a anúncios de TV

Patente foi divulgada pelo jornal Metro e pode resultar em mais um debate sobre privacidade dos usuários 

Facebook app
(Dado Ruvic/Reuters)

SÃO PAULO – Uma nova patente de software registrada pelo Facebook pode colocar a empresa em um novo debate sobre a privacidade dos usuários. Divulgada pelo jornal Metro, ela dá a entender que os smartphones dos usuários, a partir do software, serão forçados a iniciarem uma gravação de áudio quando ouvirem mensagens “escondidas” em anúncios de TV.

Parece uma proposta confusa e sem sentido, mas ela tem um objetivo. Em sua descrição, o software indica que a “mensagem secreta” dos anúncios é inaudível para seres humanos, pois pode ser emitida em código Morse ou em níveis agudos demais, não perceptíveis por humanos.

No smartphone, o software seria capaz de reconhecer quando a mensagem fosse emitida para iniciar a gravação.

O objetivo do software é de identificar, captando o “som ambiente”, a reação do usuário às propagandas – e, a partir disso, mostrar no Facebook anúncios que sejam atraentes para ele. Comentários, a distância que o usuário está da TV (se deu as costas quando o anúncio foi exibido, por exemplo) e outros sons captados podem indicar isso. Ele também é uma forma de permitir que as anunciantes tenham uma noção mais precisa do alcance de sua publicidade.

Essa é, ao menos, a descrição do software na patente registrada. Procurado por outro site, o vice-presidente do Facebook, Allen Lo, disse que não é preciso se preocupar com a tecnologia e com possíveis “espionagens”. “As patentes tendem a se concentrar em tecnologia voltada para o futuro, muitas vezes de natureza especulativa”, disse. 

Contato