Em minhas-financas / gadgets

Golpe no WhatsApp tentou prejudicar 40 mil pessoas em um dia

Hackers criaram uma promoção falsa utilizando a linha de produto Glamour da marca O Boticário 

Whatsapp
(Shutterstock)

SÃO PAULO -  Um novo golpe está circulando no WhatsApp, dessa vez aproveitando o Dia dos Namorados que se aproxima. Hackers criaram uma promoção falsa utilizando a linha de produto Glamour da marca O Boticário, que promete um kit de perfume para a pessoa que responder a um questionário e compartilhar o link com amigos via WhatsApp, segundo informações da empresa segurança digital PSafe.

Mais de 40 mil pessoas foram impedidas de terem seus aparelhos infectados por esse golpe apenas nas últimas 24 horas. 

unnamed

Ao receber a mensagem de um amigo e clicar no link malicioso, o usuário precisa responder três perguntas para ganhar o suposto kit de perfume. São elas: “Você gostaria de ganhar um kit masculino ou feminino?”; “O kit é para uso próprio ou presente para o namorado(a)?”; “Você indicaria nossa promoção para amigos ou familiares?”. Independentemente das respostas escolhidas, o usuário é encaminhado para uma página que solicita o compartilhamento da falsa promoção com 30 amigos ou grupos no WhatsApp. Depois, o usuário é direcionado para realizar o download de um malware que pode infectar o smartphone. 

Para passar credibilidade e incentivar o compartilhamento, o link malicioso exibe comentários de falsos usuários que alegam terem recebido o benefício, como: “Maravilha… consegui pegar pra dar de presente”; “Presente da namorada garantido hehe”, “Minha mãe também conseguiu pegar os dois”.

unnamed_(1)

“O número de pessoas que estão acessando essa promoção falsa está aumentando significativamente nas últimas horas” explica Emilio Simoni, executivo da PSafe.

Para evitar cair em falsas promoções, o especialista reforça a importância de as pessoas criarem o hábito de se certificar sobre a veracidade de qualquer informação antes de compartilhá-la com seus contatos.  Além disso, é importante utilizar soluções de segurança que disponibilizam uma função de bloqueio anti-phishing, como aplicativos. 

O WhatsApp afirmou que não usa “aplicativo para enviar mensagens de propaganda para seus usuários e trabalha cuidadosamente para reduzir as mensagens indesejadas que chegam por meio de seu sistema”. A empresa recomenda não compartilhar esse tipo de mensagem suspeita oferecendo serviços inéditos para seus contatos.

Quer começar a investir? Abra uma conta na XP. 

 

Contato