Em minhas-financas / gadgets

Próximas versões do iPhone X devem ter preços mais baixos que o original

Ming-Chi Kuo, um dos analistas que mais acertaram as projeções da Apple

iPhone x
(Hadrian / Shutterstock.com)

SÃO PAULO – As próximas versões do iPhone devem ter um preço mais baixo do que o mais recente iPhone X, o primeiro smartphone da Apple a custar US$ 1 mil, aponta o novo relatório do famoso analista Ming-Chi Kuo, enviado para o site MacRumors.

Como já apontavam rumores anteriores, neste ano serão lançadas duas versões do iPhone X: a segunda geração do modelo apresentado no ano passado e o iPhone X Plus, de tamanho maior. Os preços devem ficar na faixa dos US$ 800 e US$ 900, no caso do primeiro, e US$ 900 e US$ 1 mil para o Plus.

Não só a próxima geração do iPhone X deve ter preços mais baixos, mas também o iPhone de entrada com tela LCD de 6,1 polegadas: ele deve custar entre US$ 600 e US$ 700.

Os preços mais baixos mostram, segundo Kuo, uma estratégia mais agressiva da Apple em sua política de preços, adotada por três motivos: “a preocupação com o impacto negativo de preços mais altos em um mercado de smartphones mais maduro; estrutura de custos melhorada, muito atribuída a melhorias no sensor 3D e redução de custos de componentes; e o número crescente de usuários do Face ID, que beneficiam a promoção do serviço e ecossistema da Apple”.

A expectativa é de que sejam lançados, portanto, três modelos diferentes de iPhone: duas versões do iPhone X, sendo uma Plus, e um iPhone “básico” de 6,1 polegadas, a substituir o iPhone SE. Tal como nos anos anteriores, eles devem ser apresentados em setembro, quando acontece o principal evento da Apple.

Apesar de ainda se tratarem de rumores, vale relembrar que Kuo é um dos analistas que mais acertam nas previsões e projeções relacionadas à Apple.

Invista seu dinheiro da melhor maneira e construa um patrimônio. Abra sua conta na XP Investimentos. 

 

Contato