Em minhas-financas / gadgets

Apple indica que próximas versões do iPhone não terão o botão de início, tal como o iPhone X

Os rumores começam a ser reforçados duas semanas após a Apple anunciar o corte de produção do iPhone X pela metade por conta das baixas vendas

iPhone x
(Hadrian / Shutterstock.com)

SÃO PAULO – Anúncios recentes da Apple indicam que os próximos modelos do iPhone podem seguir a linha do iPhone X e perderem o botão de início, tornado a tela infinita e de ponta a ponta.

De acordo com o jornal New York Post, na última semana a gigante informou aos desenvolvedores de aplicativos que a partir de abril todos os aplicativos submetidos à App Store deverão ter o suporte para o display ultra HD do iPhone X – ou seja: todos os aplicativos deverão ajustar-se à tela de ponta a ponta sem botão.

O anúncio foi feito através de um e-mail enviado pela própria Apple, em que ela também incentiva que os desenvolvedores usem novos recursos do iOS 11, como o SiriKit e ARKit, voltado para a criação de aplicativos.

Rumores de que as próximas versões do aplicativo seguirão essa tendência acontecem desde novembro, quando o analista da KGI Securities, Ming-Chi Kuo, disse que espera que a empresa lance um trio de novos modelos do iPhone neste ano, todos sem o botão de início; a tecnologia que o substituirá, segundo o analisa, será o reconhecimento de gestos.

O analista também diz que a Apple vai manter o smartphone de tela OLED de 5,8 polegadas, mas vai introduzir dois modelos maiores, de 6,5 polegadas com o display OLED e de 6,1 polegadas com display LCD.

Os rumores começam a ser reforçados duas semanas após a Apple anunciar o corte de produção do iPhone X pela metade por conta das baixas vendas: inicialmente, o plano era de que 40 milhões de unidades do iPhone X fossem vendidas durante os três primeiros meses de 2018; o atingido, entretanto, foi somente de 20 milhões.

Ainda segundo o analista, os planos da gigante são de, ao invés de manter o iPhone X como uma opção mais barata para os consumidores, ele será tirado de linha para não "atrapalhar" as vendas dos novos modelos.

 

Contato