Em minhas-financas / gadgets

Cientistas criam tela para celular que conserta sozinha ao quebrar

Tecnologia precisa de apenas 24 horas para sumir com os danos à tela

SÃO PAULO – Uma pesquisa na Universidade de Califórnia – Riverside acaba de chegar a um material para telas de smartphones que consegue consertar sozinho os danos de uma queda ou arranhão. Graças aos químicos, acidentes com celulares agora podem ser reparados sozinhos em até 24 horas.

Capaz de alongar-se em até 50 vezes seu tamanho original, o material apresentou, em testes, a habilidade de voltar ao normal até mesmo quando quebrado ao meio. Ele é feito a partir de um polímero elástico e sal iônico, que agem a partir da polarização de moléculas para criar o efeito elástico.

Segundo o site Business Insider, para o qual a equipe responsável pela criação do material concedeu uma entrevista, a expectativa é de que as fabricantes de celulares usem essa tecnologia comercialmente já em 2020. Baterias também poderão ser feitas a partir do mesmo material.

Outros usos

Um material semelhante a este já é usado em alguns celulares, especialmente da LG, mas na parte traseira. Neste caso, os arranhões são “curados”, mas não há a possibilidade de usar em telas porque o material não conduz eletricidade – que é o que permite o funcionamento da tela sensível ao toque.

 

Contato