Em minhas-financas / gadgets

Operadoras de telefonia celular se surpreendem com decisão da Anatel

Claro, Oi e Tim afirmam que manterão os planos de melhorias da rede de atendimento de serviços móveis

homem usando celular - Oi - TIM - Claro - Vivo
(Getty Images)

SÃO PAULO - Após a decisão anunciada na última quarta-feira (18) pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) em suspender as vendas de novas linhas de celulares pelas operadoras Claro, Oi e Tim, as operadoras se mostraram surpresas com a decisão.

De acordo com o comunicado apresentado pela Tim, a empresa afirmou que recebeu com bastante suspresa a medida da Anatel, considerada por eles extrema. No comunicado, a operadora afirma que houve o bloqueio desproporcional de novas linhas em 19 estados.

Em nota, a Tim reafirma que está desenvolvendo um conjunto de projetos de infraestrutura para seguir prestando serviços aos clientes, suportando o crescimento e capturando as oportunidades que o mercado brasileiro oferece. “Diante do exposto, a Tim irá tomar todas as medidas necessárias para restabelecer o quanto antes a normalidade de suas atividades”, informa.

Mais surpresas
A Claro também informou que foi surpreendida pela decisão da Anatel de suspender temporariamente a comercialização de novas linhas em Santa Catarina, São Paulo e Sergipe.

Para amenizar os impactos da proibição, a operadora apresentará prontamente à Anatel o seu plano de investimentos. “A Claro esclarece que o critério que impactou essa determinação da Anatel está relacionado a problemas pontuais de atendimento no Call Center que atendem esses estados, cujas ações de melhorias já apresentaram resultados nos indicadores da Anatel do mês de junho”, afirma a nota.

Já a Oi afirmou que manterá diálogo de forma contributiva com a Anatel. “A companhia entende, pelas informações recebidas até o momento, que o parâmetro que fundamenta a análise da Agência não reflete os investimentos maciços realizados em melhorias de rede”, informa.

 

Contato