EUA lançam o FedNow, o ‘Pix americano’ para pagamentos instantâneos

Ferramenta também funcionará 24 horas por dia, 7 dias por semana; ela foi anunciada em 2019, está em testes desde setembro e entrou na reta final de ajustes

Estadão Conteúdo

Publicidade

O Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos) anunciou na quarta-feira (15) que vai lançar em julho o seu sistema de pagamentos instantâneos, o FedNow. A ferramenta — uma espécie de “Pix americano” — foi anunciada em 2019, está em testes desde setembro e agora entrou na reta final de ajustes.

Assim como o Pix, lançado pelo Banco Cental do Brasil em 2020, a ferramenta americana vai funcionar 24 horas por dia, sete dias por semana. Em comunicado, o Fed pediu aos bancos e respectivos parceiros que atuem “a todo vapor” para ingressar na ferramenta.

O lançamento do FedNow já era esperado para maio ou julho, mas o pedido foi feito em meio a temores de riscos à estabilidade financeira dos EUA, após dois bancos americanos fecharem as portas — o Silicon Valley Bank (SVB) e o Signature Bank — e gerarem uma migração de depósitos para os grandes bancos.

Conteúdo XP

50 segundos para mudar o seu 2024

Descubra a combinação de ativos ideal para você investir hoje

A certificação formal dos participantes, para o lançamento do serviço, começará na primeira semana de abril. Essa etapa inclui testes para avaliar a capacidade operacional e a experiência em rede da nova ferramenta. Após serem certificados, os participantes farão atividades de validação do FedNow ao longo de junho, para o lançamento ocorrer em julho.

“O FedNow permitirá que todas as instituições financeiras participantes, das menores às maiores — e de todos os cantos do país —, ofereçam uma solução moderna de pagamento instantâneo”, afirmou Ken Montgomery, executivo do programa FedNow (e primeiro vice-presidente do Fed de Boston).

Montgomery diz que o início do serviço é apenas o começo e que o crescimento da rede de instituições financeiras participantes será fundamental para aumentar a disponibilidade dos pagamentos instantâneos para consumidores e empresas americanas.

Continua depois da publicidade

O Fed afirma ainda que a versão americana do Pix será lançada com um “conjunto robusto” de funcionalidades básicas de compensação e liquidação, além de recursos de valor agregado.