Em minhas-financas / economize-dinheiro

Brasileiros cortam gastos com lazer, roupas e telefone, diz pesquisa

Segundo estudo da Nielsen, 55% reduziram os gastos com entretenimento fora de casa e 53% gastaram menos com roupas novas

compras - consumo - família - shopping
(Shutterstock)

SÃO PAULO – Os brasileiros reduziram os gastos  com lazer, roupas novas e  telefone no segundo trimestre de 2012. Pesquisa Global sobre a Confiança e Intenção de Gastos do Consumidor, realizada pela Nielsen, mostrou que, que 55%, 53% e 52% dos entrevistados, respectivamente, disseram ter enxugado despesas com estes itens.

De acordo com a Nielsen, apesar de ser a população mais confiante, os consumidores estão começando a sentir os reflexos da desaceleração na atividade econômica provocada pela crise européia.

Além dos cortes já citados, os brasileiros também estão tomando outras medidas para reduzir as despesas, como tentar economizar gás e eletricidade (48%), diminuir férias ou viagens curtas (40%) e migrar para marcas de alimentos mais baratas (38%).

Recursos excedentes
Ao serem questionados sobre como utilizar os recursos excedentes após cobrir despesas essênciais, 37% dos entrevistados responderam que quitariam dívidas de cartões de créditos ou empréstimos, 35% gastariam com entretenimento fora do lar, 30% comprariam roupas novas e 22% utilizariam os recursos para adquirir produtos com novas tecnologias.

Por outro lado, 11% aplicaria a dinheiro numa caderneta de poupança, 9% investiriam em ações ou fundos e 4% optariam em investir na Previdência Privada.

 

Contato