Em minhas-financas / credito

Juro do crédito cai para pessoa física e empresas em junho

Maior queda foi registrada no cartão de crédito, que recuou 0,09 ponto porcentual

Cartão de crédito
(Shutterstock.com)

As taxas de juros em junho caíram em todas as modalidades para pessoas física e jurídica em relação a maio, segundo pesquisa feita pela Associação Nacional de Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac). A queda se deu mesmo depois de o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) ter se decidido pela manutenção da taxa básica de juro (Selic) em 6,50% ao ano no mês passado.

A taxa média de juros ao consumidor pessoa física caiu 0,04 ponto porcentual na passagem de maio para junho, de 7,08% para 7,04%. A maior queda foi registrada no cartão de crédito, que recuou 0,09 ponto porcentual, de uma taxa mensal de 12,02% em maio para 11,93% em junho. O segundo maior recuo, de 0,06 ponto porcentual, ocorreu na modalidade cheque especial, que saiu de 12,03% em maio para 11,97% no mês passado.

O juro do comércio saiu de 5,30% em maio para 5,28% em junho, num recuo de 0,02 ponto porcentual. O juro do Crédito Direto ao Consumidor (CDC) dos bancos para financiamento de automóveis também recuou 0,02 ponto porcentual, de 1,89% ao mês em maio para 1,87% mensais em junho. Já o empréstimo pessoal nas financeiras saiu de 4,02% ao mês em maio para 4% em junho, num recuo de 0,02 ponto porcentual.

PJs

O juro médio sobre empréstimos para empresas caiu 0,08 ponto porcentual, de 3,94% em maio para 3,86% em junho. O juro sobre empréstimos para capital de giro caiu 0,10 ponto porcentual de maio para junho, de 1,94% para 1,84%. O juro cobrado sobre as operações de crédito envolvendo descontos de duplicatas recuou 0,07 ponto porcentual de 2,30% em maio para 2,23% em junho.

O juro sobre a conta garantida, modalidade de Capital de Giro - onde a instituição financeira disponibiliza um limite de crédito, mediante abertura de uma conta corrente, com garantia de recebíveis ou até mesmo garantia real -, caiu 0,09 ponto porcentual, de 7,59% ao mês em junho para 7,50% em junho.

Quer investir melhor o seu dinheiro? Abra uma conta na XP.

 

Contato