EXPERIMENTE!

Clique e experimente a
versão rápida do

Em minhas-financas / credito

Greve faz com que consumidor procure menos crédito em setembro

Segundo dados da Serasa Experian, no mês passado, a procura do consumidor por crédito recua 9,8%

CredFácil - franquia
(Divulgação)

SÃO PAULO - A procura do consumidor por crédito apresentou queda de 9,8% em setembro, na comparação com agosto, segundo revelam dados divulgados nesta segunda-feira (7) pelo Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito.

Na comparação anual, entre setembro deste ano e do ano passado, a procura é 4,4% maior, enquanto no acumulado do ano (de janeiro a setembro de 2013), a variação é de 4,6%.

De acordo com os economistas da Serasa Experian, a greve dos bancários, iniciada na segunda quinzena de setembro, provocando o fechamento de várias agências e restringindo o atendimento aos correntistas, afetou negativamente a busca do consumidor por crédito durante o mês passado. Já na comparação com igual período do ano passado, a alta deste ano se deve ao maior número de dias úteis, visto que o feriado de 7 de setembro caiu no sábado em 2013.

Renda
Considerando a renda pessoal mensal, os consumidores com menores rendimentos lideraram a diminuição na busca por crédito em setembro de 2013, visto que, no confronto com agosto, houve queda de 10,4% na procura entre aqueles que ganham até R$ 500.

Já os que recebem entre R$ 500 e R$ 1 mil diminuíram a busca por crédito em 10,8%. Sobre aqueles que ganham mais de R$ 10 mil houve queda de 5% no período, o menor recuo do mês.

Regiões
Na análise por regiões, na comparação mensal, houve recuo nas cinco localidades pesquisadas, com destaque para a região Sul, que apresentou diminuição de 15,4%.

Confira na tabela abaixo o desempenho de todas as regiões brasileiras na comparação entre agosto e setembro deste ano e na relação do nono mês de 2013 e 2012 para a demanda do consumidor por crédito:

Índice de tomada de crédito da pessoa física
RegiãoAgosto 2013/Setembro 2013 Setembro 2013/Setembro 2012 
Centro-Oeste -2,6% -0,5%

Norte

-14,1% 6,2%
Nordeste -14,5% 5,2%
Sul -15,4% 0,4%
Sudeste -6,4% 6,3%

Contato