EXPERIMENTE!

Clique e experimente a
versão rápida do

Em minhas-financas / credito

Consumidor: procura por crédito recua 7,6% em novembro

De acordo com a Serasa, na comparação com o mesmo mês do ano passado, houve alta de 5,3%

empréstimo crédito

SÃO PAULO - O número de consumidores que procuraram crédito no mês de novembro recuou 7,6% na comparação com o mês anterior. O resultado interrompe a alta de 17,2% apresentada no mês anterior no Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito, divulgado nesta terça-feira (11).

Na comparação com novembro do ano passado, houve alta de 5,3%. No acumulado de janeiro a novembro de 2012, a demanda do consumidor por crédito foi 3,4% inferior ao mesmo período do ano passado.

De acordo com os economistas da Serasa Experian, o comportamento da demanda do consumidor por crédito em novembro de 2012 foi impactado negativamente pelo acúmulo de feriados (3 feriados, sendo 2 deles prolongados). Contudo, efetuando-se o ajuste por dias úteis, houve alta de 1,7% na demanda do consumidor por crédito em novembro de 2012 contra outubro deste ano (a terceira alta mensal seguida), bem como expansão de 5,3% frente a novembro do ano passado, a terceira alta interanual consecutiva após 10 meses de quedas ininterruptas neste critério de comparação. Os economistas ainda afirmam que tais resultados indicam que, afora impactos pontuais de efeitos-calendários adversos, a demanda do consumidor por crédito está em claro processo de recuperação.

Regiões
De acordo com a Serasa, na análise mensal, houve alta em três das cinco regiões brasileiras. A região Sul, em especial, apresentou a maior alta, de 3,1% frente ao mês anterior. Já a região Sudeste apresentou o maior recuo, de 14,8%.

Confira na tabela abaixo o desempenho de todas as regiões brasileiras na comparação entre outubro e novembro deste ano e na relação de novembro de 2012 e 2011 para a demanda do consumidor por crédito:

Índice de tomada de crédito da pessoa física
RegiãoOutubro 2012/Novembro 2012 Novembro 2012/Novembro 2011 
Centro-Oeste 3,0% 1,8%

Norte

0,8% 18,4%
Nordeste -1,7% 16,7%
Sul 3,1% 3,3%
Sudeste -14,8% 1,7%

Contato