Em minhas-financas / consumo

BC planeja criar sistema de pagamentos instantâneos entre bancos

De acordo com o Valor Econômico, esse modelo permitiria a transferência de dinheiro entre pessoas, empresas e o governo "sem a restrição de tempo, origem, destino de recursos" 

Pagamento de contas pelo celular
(Shutterstock)

SÃO PAULO – O Banco Central estuda criar e operar no Brasil o modelo de pagamentos hoje vigente na Índia, que liquida pagamentos eletrônicos em tempo real. 

De acordo com o Valor Econômico, esse modelo permitiria a transferência de dinheiro entre pessoas, empresas e o governo “sem a restrição de tempo, origem, destino de recursos”. Para que isso seja possível, é preciso operar uma infraestrutura centralizada de pagamentos. Uma vez pronta, a expectativa é de que todas as transações entre contas sejam concluídas em 20 segundos.

Até o final do ano, o BC deve ter um projeto definido de como o sistema necessário para o pagamento instantâneo pode ser implementado. Caso implantado, o sistema de pagamentos brasileiros passará por uma “drástica mudança”, segundo o Banco, e terá de abrir espaço para novos players no mercado.

Ainda não se sabe como ele deve funcionar no Brasil. Desde abril que o BC comenta sobre o projeto, mas sem detalhes. Sabe-se apenas que o Banco quer que haja interoperabilidade entre todos os agentes financeiros, sem limitação de tipo de conta, e que a competição entre as instituições se dê na oferta de serviços ao usuário final.

Os usuários também deve ter uma identificação universal, seja o celular ou o CPF, que permite serem identificados por qualquer banco ou instituição de pagamento. Toda a liquidação será controlada pelo BC, que atuará como órgão regulador desse meio.

Os bancos e instituições serão livres para cobrar ou não tarifas pelas transferências, mas a recomendação do BC é que ela seja baixa o suficiente para viabilizar o projeto.

Nem o Banco Central e nem a Febraban (Federação Brasileira dos Bancos) se manifestaram sobre as informações.

Invista seu dinheiro e construa um patrimônio. Abra sua conta na XP Investimentos.

Contato