Em minhas-financas / consumo

Apple aposta no iPhone X com novas cores e tela maior

A empresa mais valiosa do mundo planeja lançar em breve três novos aparelhos ainda neste ano

iPhone X Apple smartphone celular
(Shutterstock)

(Bloomberg) -- A Apple não vai apenas dobrar a aposta no iPhone X, vai triplicá-la.

A empresa mais valiosa do mundo planeja lançar em breve três novos telefones que conservam o design da tela de ponta a ponta do principal modelo do ano passado, de acordo com pessoas familiarizadas com o assunto. Os aparelhos terão uma gama maior de preços, recursos e tamanhos para aumentar seu apelo, disseram as pessoas, que pediram para não serem identificadas ao falar sobre produtos que não foram anunciados.

No entanto, nenhum dos três modelos de iPhone terá um design totalmente novo, como o iPhone X no ano passado ou o iPhone 6 em 2014, e dentro da Apple há quem rotule o lançamento como um "ano S", uma designação que a empresa deu a novos aparelhos que retêm o design anterior, mas contam com novos recursos internos. A empresa planeja mudanças mais significativas para o próximo ano, acrescentaram.

O iPhone X não fez um sucesso tão grande quanto alguns analistas de Wall Street esperavam antes do lançamento, em novembro do ano passado. No entanto, ele teve vendas fortes e ajudou a Apple a ganhar participação no mercado de smartphones, que quase parou de crescer.

Os próximos modelos, que devem ser revelados em setembro, mostram que a empresa está ajustando sua estratégia. Em vez de atrair milhões de novos usuários de iPhone, a meta da Apple atualmente é elevar os preços médios e expandir o número total de dispositivos ativos para apoiar as vendas de acessórios e serviços digitais, como streaming de música e vídeo.

"O iPhone está entrando em um período de crescimento anual de 0 por cento a 5 por cento, e as coisas que eles farão no quarto trimestre vão mantê-lo nesse caminho", disse Gene Munster, analista veterano da Apple e sócio administrativo da Loup Ventures. O "verdadeiro apelo" para os investidores continua sendo o iPhone, porque é o centro de quase todas as outras ofertas da Apple, como Apple Watch, AirPods e Apple Music, acrescentou Munster. Trudy Muller, porta-voz da Apple, não quis comentar.

Três modelos

Haverá um novo iPhone de alta gama, chamado internamente de D33, com uma tela de cerca de 6,5 polegadas na diagonal, de acordo com as pessoas a par do assunto. Este seria, de longe, o maior iPhone e um dos maiores aparelhos do mercado. Ele continuará tendo um vidro traseiro com bordas de aço inoxidável e duas câmeras na parte de trás. A grande diferença em termos de software será a capacidade de visualizar conteúdos lado a lado em aplicativos como Mail e Calendar. Este será o segundo telefone da Apple com uma tela mais nítida de diodo orgânico emissor de luz (OLED).

A Apple também planeja uma atualização para o atual iPhone X com uma tela OLED de 5,8 polegadas, chamada internamente de D32, disseram as pessoas. As principais mudanças nos novos modelos OLED serão a velocidade de processamento e a câmera, de acordo com as pessoas familiarizadas com os dispositivos.

Talvez o telefone mais importante seja um dispositivo novo e mais barato destinado a substituir o iPhone 8. De codinome N84, ele se parecerá com o iPhone X, mas incluirá uma tela maior, de quase 6,1 polegadas, virá em várias cores e terá bordas de alumínio, em vez da carcaça de aço inoxidável do iPhone X. Ele também terá uma tela LCD, que é mais barata, em vez de OLED, para manter os custos baixos.

--Com a colaboração de Scott Moritz.

Repórteres da matéria original: Mark Gurman em San Francisco

Quer investir melhor o seu dinheiro? Abra uma conta na XP

Contato