Em minhas-financas / consumo

4 produtos cosméticos são proibidos pela Anvisa

As fabricantes deverão promover o recolhimento do estoque existente no mercado  

cabelo
(Shutterstock)

SÃO PAULO - A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) proibiu, nesta quinta-feira (19), a fabricação e comercialização do cosmético The First Shampoo 2.0 Sweet Profissional. O produto, fabricado pela empresa Titânia Indústria de Cosméticos, não possui registro ou notificação na Anvisa.

A falta de registro na agência também motivou a proibição da fabricação e comercialização do Shampoo Erva Doce Álcool, 5L; do Condicionador Ecco, 5L, e do Sabonete Líquido Erva Doce, 5 L. Os produtos são fabricados por Ecco Brasil Ecological Cosmetics Ltda. 

Em ambos os casos, as empresas deverão promover o recolhimento do estoque existente no mercado.

Em nota enviada ao InfoMoney, a empresa de cosméticos Sweet Hair Professional informa que cancelou com seu contrato com a empresa terceirizada Titânia. "Os produtos continuam sendo trabalhados normalmente. Na época do cancelamento a terceirista estava para fechar e o pedido foi realizado pela própria Sweet Hair. Um registro em uma nova terceirista foi realizado pela marca. Além disso, a Sweet conta com uma fábrica própria que está com os registros em andamento", informa a nota.

"A Sweet Hair ainda ressalta a presença de laudos que comprovam a segurança dermatológica e eficácia do produto. O dossiê do produto contém testes que garantem essa segurança e registro na vigilância sanitária", afirma a empresa.

Quer fazer seu dinheiro render MUITO mais? Saia da poupança! Clique aqui e abra sua conta na XP Investimentos

 

Contato