EXPERIMENTE!

Clique e experimente a
versão rápida do

Em minhas-financas / consumo

Brasil tem 35% de chances de ser campeão da Copa do Mundo na Rússia

A maior ameaça seria a Espanha, com 19,7% de chances de conquistar a taça e 34,6% de chegar à grande final

Canarinho Pistola Copa do Mundo Rússia 2018
(Divulgação/CBF)

SÃO PAULO - Além de pesquisas e indicadores econômicos, a estatística tem como outra utilidade o cálculo de probabilidades, como as de chances de título das seleções na Copa do Mundo. Esse é o foco do trabalho desenvolvido por Marcelo Leme de Arruda no site Chance de Gol, criado por ele em 1999, com as chances para cada resultado em jogos e competições nacionais e internacionais.

Segundo a projeção dele, o Brasil é a seleção com maior chance de levar o título da Copa do Mundo, com 34,6% de probabilidade. A maior ameaça seria a Espanha, com 19,7% de chances de conquistar a taça e 34,6% de chegar à grande final, embora a troca de técnico de última hora não esteja considerada nos cálculos, por exemplo.

Leia também: Jogadores brasileiros receberão US$ 1 milhão por vitória na Rússia

"No caso da Copa, levamos em consideração os resultados de todas as seleções do mundo nos últimos quatro anos, considerando jogos oficiais e Datas-Fifa. Nos amistosos fora das Datas-Fifa não temos garantia de que as equipes usarão os times principais, então deixamos de fora", explicou Arruda durante o seminário "A estatística aplicada aos esportes", realizado em 8 de junho, na Ence (Escola Nacional de Ciências Estatísticas). 

"Calculamos a probabilidade de cada time ganhar e do empate. Faço isso para cada jogo e um programa faz essa simulação 10 mil vezes para toda a Copa e vemos os resultados, quantas vezes cada time terminou em cada posição", completou.

Os dois maiores azarões na competição, por sua vez, seriam Panamá e Coreia do Sul, com apenas 1,1% e 1,3% de probabilidade de passarem da fase de grupos, respectivamente.

"Além dos amistosos fora da Data-Fifa, não entra o que não dá para matematizar: tradição, peso do 7 a 1, peso da camisa, desfalques, se o time trocou de técnico dois dias antes. Mas é levado em consideração o mando de campo, então a Rússia é considerada mandante, por exemplo", disse Arruda.

A primeira fase não deve ser problema para a seleção brasileira. O Chance de Gol vê probabilidade de 95,8% de que o Brasil passe pelo Grupo E e avance para as oitavas de final, com a Suíça (46,4%) e Sérvia (43,3%) como candidatas mais fortes a outra vaga, enquanto a Costa Rica seria a zebra (14,5%). No grupo, alcançar os sete pontos garante a classificação, enquanto cinco levariam a uma chance de 97% e quatro, de 60%.

Quer investir com a ajuda de assessoria financeira especializada e GRATUITA? Clique aqui e abra já sua conta da XP

Contato