Em minhas-financas / consumo

Senado vai votar projeto que permite venda direta de etanol a postos

Projeto teve pedido de urgência aprovado na última terça-feira (12) 

etanol

SÃO PAULO – O Senado pode votar na próxima semana o Projeto de Decreto Legislativo 61/2018, que teve o pedido de urgência aprovado na última terça-feira (12) e permite a vende de etanol diretamente do produtor aos postos de combustíveis.

De autoria do senador Otto Alencar (PSD-BA), o projeto tem como objetivo aumentar a concorrência no mercado de combustíveis, consequentemente abaixando o preço do etanol para os consumidores. Ele susta uma artigo da resolução da ANP (Agência Nacional de Petróleo) que determina que o fornecedor de etanol só pode vender o combustível a outro fornecedor cadastrado na ANP, a um distribuidor autorizado pela agência ou ao mercado externo.

Segundo Alencar, a limitação da negociação “impede o livre comércio e produz ineficiência econômica” e faz com que as produtoras “monopolizem” o fornecimento de etanol.

“O pleito dos produtores não tem como objetivo a tomada do mercado das distribuidoras e sim a oportunidade de também comercializarem o etanol, sem os atravessadores”, justificou Alencar no projeto. Ele ainda diz que a recente paralisação de caminhoneiros mostra a necessidade de mudanças no setor.

Contato