Em minhas-financas / consumo

Anvisa proíbe remédio para emagrecimento e chá considerados clandestinos

Produtos estavam sendo comercializados com alegações terapêuticas e de forma irregular  

Chá
(Shutterstock)

SÃO PAULO - A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu um remédio de emagrecimento e um chá que estavam sendo comercializados com alegações terapêuticas e de forma irregular e foram considerados clandestinos. 

Chá da Vida, comercializado sem registro na agência, era fabricado pela empresa clandestina Primavera Comercio Produtos e Medicamentos Naturais Ltda, com CNPJ inválido (00.308.257/0001-39). 

A promessa do produto era de curar doenças, como pré-diabetes, diabetes tipo 2, colesterol e perda de peso. Além da proibição da fabricação, comercialização, divulgação e do uso, o chá existente no mercado deve ser inutilizado.

Já o remédio para emagrecimento, Garcínia Cambogia, da marca FrutaPlantalife, importado pela empresa Life Import Ltda, foi proibido por falta de registro ou notificação na agência. O medicamento prometia perda de peso, aumento de metabolismo, redução de estresse, combate a depressão, redução do colesterol , regulação do o açúcar no sangue, entre outras.

O InfoMoney tentou entrar em contato com ambas as empresas, mas até a publicação desta matéria não obteve resposta.

Quer investir seu dinheiro para viver de renda? Abra uma conta na XP.

 

Contato