EXPERIMENTE!

Clique e experimente a
versão rápida do

Em minhas-financas / consumo

Produtos para emagrecer e anabolizantes são proibidos pela Anvisa

Produtos com alegações calmantes também estão proibidos

barriga

SÃO PAULO - A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) publicou nesta semana a proibição de produtos clandestinos que eram comercializados na internet. Entre os produtos estão medicamentos, produtos emagrecedores e anabolizantes.

A empresa Asher Produtos Químicos divulgava medicamentos sem registro, cadastro ou notificação na Anvisa. Foram identificados ao menos sete produtos irregulares. Veja a lista:

>> MMS - Miracle Mineral Solution
>> MMS/CDS - Clorito De Sódio + Hcl 4%
>> Kits Prontos Com Clorito De Sódio 28% + Ácido Cítrico 50% 100 Ml/Cd
>> Clorito De Sódio 28% + Hcl 4% 100 Ml/Cd
>> Kit Dmso + Clorito De Sódio 28% + Hcl 4% 100 Ml/ Cada
>> Clorito De Sódio 28% 1 Litro
>> Clorito De Sódio 28% - 250 Ml

Também foram proibidos os produtos com alegações calmantes Rivotram fórmula Dia com Magnésio Quelato e Rivotram fórmula Noite com L-Triptofano por serem fabricados por uma empresa desconhecida e comercializados de forma irregular pela internet.

O Sinelim 360 era comercializado também pela internet com alegações terapêuticas, como emagrecedor e absorvedor de gorduras, sem registro como medicamento e, por isso, foi proibido.

Masterol e Sustanon, produtos identificados como esteroides anabolizantes e comercializados pela internet também foram proibidos. Os produtos Masterol, frasco de 10ml, e Sustanon 250, ampola de 1ml, não têm registro na Anvisa.

"Todos os produtos citados são clandestinos e não possuem registro ou cadastro na Anvisa, por isso foram proibidos em todo o território nacional", informa a agência reguladora. Com a determinação, fica proibido o uso, a comercialização ou a divulgação desses produtos.

Contato