Em minhas-financas / consumo

Gestor de US$ 1,8 trilhão "descobre" revolução econômica da Geração Y

Rick Rieder, diretor de renda fixa da BlackRock, teve uma epifania sobre os hábitos dos "millennials"

Geração Y
(Shutterstock)

SÃO PAULO - Rick Rieder, diretor de renda fixa da BlackRock e gestor de US$ 1,8 trilhão, teve recentemente uma epifania a respeito da Geração Y. Sua tese envolve a ideia de que os chamados Millennials são condicionados a usar a tecnologia para tudo e sempre buscam pagar o menor preço possível por produtos e serviços. 

A ideia do gestor trilionário veio enquanto fazia uso do Waze para chegar o mais rápido possível em um destino qualquer. "Isso me fez pensar o que eu poderia fazer com aqueles 40 minutos extras", disse ao Business Insider. "E pensei no poder disso ao multiplicar por milhões de pessoas todos os dias". 

Com isso, Rieder criou a analogia para sua perspectiva econômica atual. O que ele vê como uma corrida por custos e ineficiência minimizados muda tudo o que se sabe sobre economia hoje. 

Geração Y

Considerados "culpados" pelas dificuldades de algumas indústrias (como o varejo e os alimentos que fogem do perfil "saudável"), os "millennials" são, para o gestor, os principais responsáveis pela avalanche de mudanças que já começaram - principalmente pelo perfil de abertura ao novo.

Sem esta geração, ele não vê como seria possível a adoção de tecnologias como o Waze, mas também como as criptomoedas, empréstimos P2P e pagamentos móveis. A adoção dessas inovações foi o que minimizou custos de transmissão e armazenamento de dados. "Eles estão mudando toda a forma de funcionamento do comércio", disse. 

 A velocidade desta transformação está prestes a sofrer um grande impulso, diz, à medida que a Geração Y em breve se tornará o segmento responsável por mais gastos na economia. Novamente, isto significará um recorde em preços baixos e eficiência alta. 

"A produção será extraordinária porque você acaba de tirar uma quantidade absurda de tempo e custo do sistema", diz. "E você pode consumir em maior quantidade, porque está tirando toda a fricção da economia". 

Inflação

Em sua tese, o economista vai além: a Geração Y pode acabar com a inflação. Isso porque a parcela mais influente da população se recusará a pagar mais do que o estritamente necessário pelo que consome - e sabe encontrar os preços mais baixos. "Isso é histórico", diz. Com este novo paradigma, a única movimentação capaz de gerar crescimento e competitividade a uma empresa será a diminuição dos custos. 

Quer investir melhor o seu dinheiro e se preparar para a nova economia? Abra uma conta na XP.

 

Contato