Em minhas-financas / consumo

Venda de quatro novos remédios genéricos é aprovada pela Anvisa

O medicamento genérico é aquele que contém o mesmo princípio ativo, na mesma dose e forma farmacêutica, apresentando eficácia e segurança equivalentes à do medicamento de marca

medicamentos
(jarmoluk/Pixabay)

SÃO PAULO - Quatro novos medicamentos genéricos tiveram a venda liberada no Brasil, aumentando a quantidade de remédios com custo mais acessível, anunciou a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) nesta semana. São medicamentos usados no tratamento de pressão alta, rinite alérgica e outras condições.

Para o tratamento de pessoas vivendo com HIV, o Entricitabina combinado com Fumarato de Tenofovir Desoproxila é um dos remédios liberados. O Perindopril Erbumina combinado com Indapamida é recomendado para pressão alta, enquanto o Bilastina, para o tratamento de sintomas de rinoconjuntivite alérgica e urticária. O Undecilato de Testosterona serve para terapias de reposição de hormônio sexual em homens com hipogonadismo primário e secundário.

O medicamento genérico é aquele que contém o mesmo princípio ativo, na mesma dose e forma farmacêutica, apresentando eficácia e segurança equivalentes à do medicamento de referência - ou de marca. 

Desde o ano 2000 até junho de 2017, 4.886 medicamentos genéricos foram registrados. Desse total, 1.016 registros foram cancelados, restando 3.870 medicamentos genéricos com registros válidos, segundo informações da Anvisa. 

Quer fazer seu dinheiro render mais? Clique aqui e abra sua conta na XP Investimentos

 

Contato