Em minhas-financas / consumo

Metade dos restaurantes de frutos do mar é reprovada em fiscalização do Procon-SP

Em 42% dos estabelecimentos visitados foram encontrados alimentos na cozinha sem data de fracionamento e sem prazo de validade

Camarão
(pixinoo)

SÃO PAULO - A Fundação Procon-SP fiscalizou 12 restaurantes da capital paulista especializados em peixes e frutos do mar na última quinta-feira (29). Em seis foram encontrados irregularidades e em 42% dos estabelecimentos visitados foram encontrados alimentos na cozinha sem data de fracionamento e sem prazo de validade. 

Veja a lista de estabelecimentos com irregularidades:

ESTABELECIMENTO IRREGULARIDADES
DON CURRO A LA SAARINA Não mantém cardápio na entrada do restaurante
mantém alimentos na cozinha sem data de fracionamento e sem prazo de validade (bolinho de peixe, lula, batatas)
AL MARE Mantém alimentos na cozinha sem data de fracionamento e sem prazo de validade (arroz, tomate, pimentão e cebola)
(ALFAMA DOS MARINHEIROS Mantém alimentos na cozinha sem data de fracionamento e
prazo de validade (arroz, leite, gordura vegetal); falta
exemplar do Código de Defesa do Consumidor
RUFINO'S RESTAURANTE Mantém alimentos na cozinha sem data de fracionamento e
prazo de validade (grão de bico, mexilhões, linguiça);
mantém alimentos na cozinha com prazo de validade
vencido (manteiga, ricota, banha refinada);
DALMO JARDINS Não mantém cardãpio na entrada do restaurante
não informa descrição do couvert no cardápio
mantém alimentos na cozinha sem data de fracionamento e sem prazo de validade (farinha de mandioca, sal rosa)
mantém alimentos na cozinha com prazo de validade vencido (queijo)
RANCHO PORTUGUÊS Expõe a venda produtos sem informar alerta de alergênicos expõe à venda produtos sem informação de glúten, origem e se contém ou não glúten
expõe à venda produtos sem preço

O Procon-SP informa que serão abertos processos administrativos e as empresas terão amplo direito à defesa. Ao fim do processo, elas podem ser multadas.

 

Contato