EXPERIMENTE!

Clique e experimente a
versão rápida do

Em minhas-financas / consumo

Temer colocará Polícia Federal e Cade para fiscalizar preço da gasolina

Presidente quer conferir se o preço da gasolina está sendo repassado para os consumidores 

posto de gasolina em SP
(Paulo Whitaker/Reuters)

SÃO PAULO - O presidente Michel Temer (PMDB) ordenou que a Polícia Federal, em conjunto com Cade (Conselho Administrativo de Defesa), fiscalizem os postos de combustíveis para conferir se o preço da gasolina está sendo repassado para os consumidores. O presidente da República deu a declaração em entrevista à rádio Guaíba, de Porto Alegre, nesta sexta-feira (9).

Quando questionado sobre os sucessivos aumentos de preços do combustível, o presidente comentou sobre um impasse. Segundo ele, quando a Petrobras aumenta o preço nas refinarias o valor sobre, mas quando o contrário acontece, nem sempre há a diminuição do preço do combustível.   

“Quando tem aumento, a bomba registra, quando registra redução, a bomba não registra. Não vamos permitir. Vamos botar PF e Cade atrás dessa fiscalização para impedir essa espécie quase de agressão ao consumidor. Essa providência já está sendo tomada”, afirmou o presidente à rádio.

Outro assunto abordado, foi o aumento de gás de cozinha. O presidente afirmou que o governo está estudando uma forma de compensar esse aumento para os mais pobres. 

O ministro da Fazenda Henrique Meirelles afirmou a jornalistas em Brasília, antes de reunião no Palácio do Planalto, que realmente existe uma grande preocupação com o preço do gás. 

"Uma das coisa que vou conversar com presidente Temer é isso. Mas tem uma série de temas relevantes que nós estamos conversando, o mais relevante de todos no momento é a Reforma da Previdência", afirmou Meirelles. 

Quer investir melhor o seu dinheiro? Abra uma conta na XP.

Contato