Em minhas-financas / consumo

Brasil ganhou 12 novos bilionários em 2017

O país tem hoje 5 bilionários com patrimônio equivalente ao da metade mais pobre da população brasileira

Bilionário
(Shutterstock)

SÃO PAULO - O Brasil ganhou 12 bilionários a mais entre março de 2016 e março de 2017, passando de 31 para 43, segundo o relatório “Recompensem o trabalho, não a riqueza”, lançado nesta segunda-feira (22) pela Oxfam. A data de divulgação do levantamento coincide com o encontro das elites empresarias e políticas em Davos, Suíça, para mais uma edição do Fórum Econômico Mundial nesta terça-feira (23).

O patrimônio somado dos bilionários brasileiros chegou a US$ 549 bilhões em 2017, mostrando crescimento de 13% em relação ao ano anterior. Ao mesmo tempo, os 50% mais pobres do país viram sua fatia da renda nacional ser reduzida ainda mais, de 2,7% para 2%.

O Brasil tem hoje 5 bilionários com patrimônio equivalente ao da metade mais pobre da população brasileira. No país, uma pessoa que ganha um salário mínimo precisaria trabalhar 19 anos para ganhar o mesmo que uma pessoa enquadrada no grupo do 0,1% mais rico da população ganha em um mês.

Por outro lado, a parcela dos salários dos 10% mais ricos é alta e está aumentando em economias em desenvolvimento como nas do Brasil, Índia e África do Sul.

“O que vemos é um aumento absurdo da concentração de renda e riqueza no mundo, provocando mais pobreza e o aumento das desigualdades. Isso mostra que a economia segue sendo muito boa para quem já tem muito e péssima para quem tem pouco”, afirma Katia Maia, diretora executiva da Oxfam Brasil.

“Entre os fatores que contribuem para esse quadro está a redução de custos trabalhistas, como salários e direitos, para maximizar retornos aos acionistas”, explica Maia.

Quer aumentar seu patrimônio com investimentos de alta rentabilidade? Clique aqui e abra sua conta na XP

 

Contato