Em minhas-financas / consumo

Homem lucra US$ 15 milhões em um ano alugando propriedades através do Airbnb

As informações são do site AirDNA, que une estatísticas sobre o Airbnb em todo o mundo

casa Airbnb
(Shutterstock)

SÃO PAULO – Um anfitrião do Airbnb levou à sério a proposta de ganhar uma “renda extra” a plataforma: em Londres, o proprietário detinha mais de 800 imóveis em Londres e, em um ano, conseguiu ganhar US$ 15,5 milhões com o aluguel delas no Airbnb. As informações são do site AirDNA, que une estatísticas sobre o Airbnb em todo o mundo.

Segundo o site, o proprietário é o dono de 1,5% do mercado da plataforma na capital inglesa, já que, no total, são 57.475 mil propriedades anunciadas no site. O site aponta que esse valor é o mais alto já obtido com a plataforma em todo o mundo, considerando os últimos 12 meses.

O londrino é seguido por um anfitrião de Bali, que ficou pouco atrás: com 504 propriedades na ilha, ele chegou a ganhar US$ 15,4 milhões com os alugueis na plataforma, considerando também os últimos 12 meses.

Em entrevista para o jornal The Telegraph, o CEO do AirDNA afirmou que isso aponta uma mudança no próprio negócio do Airbnb, que “deixou de ser uma comunidade para induvíduos alugando seu espaço ou propriedades por conta própria”.

Os outros anfitriões que estão entre os que mais faturaram com o Airbnb são de cidades como Cidade do Cabo, na África do Sul; Havana, em Cuba; Sydney, na Austrália; e outras cidades europeias: como Paris, Barcelona, Madrid e Lisboa.

 

Contato