Em minhas-financas / consumo

Anatel proíbe limite de internet fixa até chegar a decisão

Órgão afirmou, em nota, que vai "examinar" o tema; prazo é indeterminado

Anatel
(Divulgação)

SÃO PAULO - A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) decidou, na última sexta-feira, impedir que as operadoras de internet suspendam conexão, cobrem a mais por navegação ou diminuam a velocidade das conexões de seus clientes por sistema de franquias. A ordem foi dada até que o órgão tenha uma decisão final sobre o tema - o que não tem prazo para acontecer. 

A decisão foi anunciada em um comunicado que proíbe até mesmo que as limitações sejam aplicadas em pacotes que já preveem esse sistema. 

"Na segunda-feira, 18, a Superintendência de Relações com Consumidores já havia proibido, em caráter preventivo, a limitação da internet fixa. Com a decisão desta sexta-feira, o processo foi avocado pelo Conselho Diretor da Agência, que passa a ser responsável pela sua análise e decisões relacionadas", diz o texto do anúncio. 

A medida chega depois de diversos protestos e pressão popular para que a Anatel se posicionasse contrariamente à limitação. Entre quarta-feira e sexta-feira, o site da entidade iclusive sofreu ataques hackers que impediam seu funcionamento completo. 

Antes mesmo dessa reolução, a Vivo já havia voltado atrás em certo sentido e decidido oferecer pacotes ilimitados. A Net já realiza diminuição de velocidade em alguns pacotes e a Tim disse que não pretende aplicar esse tipo de cláusula. 

 

Contato