Em minhas-financas / consumo

Internet fixa: depois de cobranças, Vivo decide oferecer planos ilimitados

Depois de anúncio do Ministério das Comunicações, operadora decide voltar atrás

antena sede Vivo
(Divulgação)

SÃO PAULO – A operadora Vivo decidiu, nesta quarta-feira, voltar atrás da decisão de cobrar a mais de todos os clientes que ultrapassassem determinados limites de dados em suas conexões de banda larga fixa. Agora, haverá opções de pacotes com acesso limitado e ilimitado, de acordo com informações do Estadão.

A decisão foi tomada depois que o ministro das Comunicações, André Figueiredo, defendeu um termo de compromisso com a intenção de garantir que todas as operadoras oferecessem as duas opções. Anunciado hoje, o termo foi visto como uma resposta à indignação de clientes e associações de defesa do consumidor com a possibilidade de ficar sem acesso à internet. 

Quando contratados planos limitados, poderá haver tanto diminuição de velocidade quanto corte completo do acesso à internet depois que o cliente usar toda a internet que seu pacote permitir – dependendo apenas dos contratos firmados. É uma medida semelhante à que já é aplicada em planos de internet móvel.

“A Telefônica Vivo tem todas as condições de assumir o compromisso com o Ministério das Comunicações”, disse a empresa ao jornal. “O cliente poderá então optar por planos ilimitados ou com franquia.” A Vivo era a operadora que, até então, defendia com mais afinco o corte total de acesso em caso de término da franquia - algo que foi endossado pela Anatel durante esta semana. 

Não foi divulgado nada sobre as diferenças de preços entre as opções de pacotes.

 

Contato