Em minhas-financas / consumo

O que comprar na Black Friday em 2015: um guia definitivo

Não se afobe, tudo está em promoção, mas nem tudo são boas ofertas. Aprenda a aproveitar a data

sacolas da Abercrombie & Fitch
(Benoit Tessier/Reuters)

SÃO PAULO – A Black Friday, que ocorre nesta sexta-feira, 27, no Brasil e no mundo, é uma data especialmente importante em momentos de crise econômica, tanto para os consumidores – que gastam menos; quanto para os comércios – que vendem mais.

Já demos dicas de sites para comprar melhor na Black Friday e dos pontos para os quais os consumidores devem se atentar mais. 

Mas nem todas as ofertas da Black Friday são os melhores negócios. É importante tomar cuidado para não cair na chamada “black fraude” e fazer apenas boas compras. Consultamos pesquisas dos produtos mais buscados no Google e dos melhores descontos prometidos para montar esta lista. Confira o que comprar nesta sexta-feira e, em todos os casos, prepare-se para as filas.

1. Celulares e smartphones

Uma pesquisa realizada pelo Google mostrou que o produto com maior intenção de compra para a Black Friday deste ano é o smartphone, que também foi o mais comprado em 2014.

2. Roupas

Além de serem o segundo item com mais intenção de compra, segundo o Google, o site buscador de preços Zoom apontou que os itens sapatos e vestidos são dois dos líderes nos descontos médios, com 29% e 27%.

Uma pesquisa da BARE International descobriu recentemente que cada brasileiro demora, em média, o dobro do tempo que os americanos para comprar roupas, o que pode ser um sinal de que as pessoas daqui tendem a comprar menos “por impulso”. Não perca o hábito de pesquisar nem mesmo na Black Friday, sites comparadores podem ajudar.

3. Eletrodomésticos

De acordo com o levantamento do Zoom, o produto monitorado com maior desconto entre todos os analisados em 2014 é um ferro de passar roupas, com preço 86% menor. Ele podia ser comprado por R$9,90. Na lista de 10 itens também estão um liquidificador, um fogão e um ventilador. Eletrodomésticos são itens necessários: você vai ter que comprar em algum momento. Agora pode ser um bom.

4. Brinquedos e jogos

Ainda segundo o Zoom, o item com maior desconto médio de todos é “bonecas”, com aproximadamente 30%. Na lista de produtos com maior queda de preço estão também jogos de videogame e Legos. Apesar disso, o Google não lista este tipo de item entre as maiores intenções de compra para o ano. Talvez devesse.

5. Notebooks, computadores ou tablets

Mais um da categoria “itens caros e necessários”. Mas tome cuidado: é preciso pesquisar muito antes de comprar qualquer um destes itens. Mesmo com grandes descontos, escolha lojas que já são de confiança; não vale a pena arriscar demais. Esta foi a terceira categoria com maior intenção de compra, de acordo com o Google.

6. Carros

Se você está pensando em comprar um carro, talvez seja um bom momento. Muitas montadoras, como Renault e Volkswagen, aproveitarão todo o final de semana para vender alguns ou todos os seus modelos com descontos em concessionárias selecionadas. Vale a pena ver se o modelo que interessa está em alguma delas.

7. Viagens

Muito cuidado com este. Sites de reservas de hotéis, de companhias aéreas e até de agências de viagens e cruzeiros divulgaram que realizarão descontos, e uma pesquisa do monitorador de preços Kayak mostrou que alguns destinos tiveram passagens encarecidas imediatamente depois da data: se precisar comprar agora, é melhor ser na própria sexta-feira.

Como sempre, pesquise tanto nos sites comparadores de preços como nos das próprias companhias aéreas, e use ferramentas como alertas de preços, oferecidas em apps e sites na web, e gráficos temporais que mostram as variações de faixas de valores.

 

Contato