EXPERIMENTE!

Clique e experimente a
versão rápida do

Em minhas-financas / consorcios

Valor médio da cota de consórcios de imóveis avança 11,9% em fevereiro

Segundo a Abac, o tíquete médio do segmento passou de R$ 94,5 mil em 2012 para R$ 105,7 mil no segundo mês do ano

Casa Consórcio

SÃO PAULO - O valor gasto pelo brasileiro em consórcios de imóveis apresentou aumento no segundo mês deste ano, em relação a igual período do ano passado. Segundo dados divulgados pela Abac (Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios) nesta segunda-feira (1), o tíquete médio do segmento imobiliário subiu 11,9%, passando de R$ 94,5 mil para R$ 105,7 mil no período.

Além disso, houve crescimento de 7,1% no número de participantes. No bimestre, ainda em comparação com igual período de 2012, o segmento registrou alta de 4,3% nas contemplações e se manteve estável na venda de novas cotas.

No que diz respeito ao uso do FGTS, o estudo aponta que, no primeiro bimestre, foram utilizados R$ 16 milhões por mais de 700 trabalhadores.

Geral
Considerando o sistema de consórcios como um todo, em fevereiro, este atingiu recorde histórico ao alcançar a marca de 5,3 milhões de participantes e, apesar do tradicional comportamento do brasileiro nos primeiros meses do ano – mais voltado a férias, Carnaval e compromissos pessoais e familiares, as vendas de novas cotas cresceram 5,2%.

Além do consórcio de imóveis, serviços e veículos automotores também apresentaram resultados positivos no período.

Contato