Em minhas-financas / cartoes

Cartões representam em média 28% do consumo das famílias brasileiras

E-commerce têm apresentado grande importância para o avanço do setor

SÃO PAULO - O uso de cartões de crédito e débito no Brasil aumentou 17,8% em 2013. Com este aumento, os cartões representaram em média 28% do consumo das famílias brasileiras, de acordo com levantamento da Abecs (Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços). No último trimestre, essa participação chegou a superar os 30% pela primeira vez na história.

Além do processo de substituição de meios de pagamento, as compras não presenciais feitas com cartões, com destaque para o e-commerce, têm apresentado grande importância para o avanço do setor. O meio de pagamento chegou a R$ 94,3 bilhões em 2013, representando um crescimento de 19,5% em relação ao ano anterior.

Em relação aos programas de recompensa dos emissores de cartão, em 2013 foram transferidos R$ 2,4 bilhões em benefícios aos participantes. Foram convertidos aproximadamente 130 bilhões de pontos, o que representa um crescimento de 14,3% em relação a 2012. O estoque de pontos chegou a pouco mais de 250 bilhões no final do ano passado.

Ainda segundo o levantamento da Abecs, a taxa média de desconto do cartão de crédito, que é cobrada dos estabelecimentos comerciais a cada transação, caiu de 2,96% em 2009 para 2,76% em 2013.

No caso do cartão de débito, houve redução de 1,60% para 1,56% no mesmo período. A quantidade de terminais de captura (máquinas de cartão) chegou a 3,8 milhões de unidades em 2013, aumento de 29% em relação à registrada em 2011. O valor médio transacionado por terminal no segundo semestre de 2013 foi de R$ 19,7 mil por mês.

Já em relação à inadimplência, o índice referente aos cartões caiu de 7,8% no começo de 2013 para 6,4% no final do ano. A inadimplência da pessoa física variou de 8% para 6,7%, no mesmo período.

 

Contato