Em minhas-financas / carros

Tesla Model X é o primeiro SUV a receber nota máxima em teste de segurança

A premiação foi dada pela Administração Nacional de Segurança Rodoviária (NHTSA, na sigla em inglês) 

Tesla Model X
(Shutterstock)

SÃO PAULO - O Model X, SUV elétrico da Tesla, recebeu nota máxima em teste de colisão divulgado nesta semana. É a primeira vez que um carro dessa categoria recebe a premiação pela Administração Nacional de Segurança Rodoviária (NHTSA, na sigla em inglês). É um grande feito, principalmente considerando todas as polêmicas de segurança envolvendo carros autônomos.

Segundo o teste da NHTSA, o carro “se recusa a capotar, o que é incomum quando se trata de SUVs, porque apesar do tamanho garantir mais segurança que um sedã padrão, por exemplo, a categoria tende a ter um índice alto de capotamento”.

Ao contrário da maioria dos SUVs, o Model X continua a retornar à posição padrão. Geralmente, os SUVs tem um centro de gravidade alto que faz com que eles tenham 50% mais chances de capotar, em relação ao um automóvel comum,  quando são colocados em situações de manobras apertadas, ou impacto lateral.

As capotagens podem resultar na ejeção parcial ou total de passageiros do veículo, aumentando as chances de ferimentos ou morte. Em 2016, nos EUA acidentes do tipo aconteceram apenas em 1% das colisões graves em veículos de passageiros, mas representaram um terço das mortes relacionadas a colisões. O modelo custa US$ 80 mil, cerca de R$ 298 mil.

Por que o Model X se sai tão bem

A NHTSA é a única organização que testa a resistência ao capotamento. Eles também testam colisões frontais e impactos laterais em postes e barreiras. Depois de cada teste, eles avaliam um manequim para determinar quanto dano a pessoa real poderia sofrer. Eles usam esses dados para determinar a classificação de segurança em cada categoria e uma classificação geral de segurança para o veículo.

Entre seus muitos recursos de luxo, o Model X hospeda tecnologia de segurança ativa, como sistemas de prevenção de colisão e frenagem de emergência automática. Mas o que diferencia o modelo é seu design. Como outros Teslas, o Model X tem uma grande bateria rígida localizada no piso do veículo. Isso dá ao carro um centro de gravidade muito menor do que a média dos SUVs.

Invista seu dinheiro para realizar seus maiores sonhos. Abra uma conta na XP - é de graça. 

Mas as capotagens são apenas um aspecto do teste de segurança. Como o Model X é um veículo elétrico, não há necessidade de componentes mecânicos no capô do carro. Isso permite que uma zona muito maior absorva energia em um colapso frontal, por exemplo. As soleiras laterais também absorvem energia, além de seus pilares laterais rígidos. Esses recursos ajudam a reduzir a força exercida sobre os passageiros e aumentam a proteção. 

 

Contato