EXPERIMENTE!

Clique e experimente a
versão rápida do

Em minhas-financas / carros

Anúncio de "tarifa zero" de Trump impulsiona ações da Volkswagen, BMW e Fiat

As altas refletem o encontro conciliatório (e inesperado) entre presidentes dos EUA, Donald Trump, e o da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncke 

Volkswagen
(josefkubes / Shutterstock.com)
  • SÃO PAULO - As bolsas europeias iniciaram esta quinta-feira (26) em alta e seguem positivas graças ao desempenho das ações de fabricantes de carros. A Volkswagen (VOW3) e BMW, que pertencem ao mesmo grupo, estão entre as ações com maiores variações percentuais no índice DAX, da Alemanha. Além disso, a FCA (Fiat Chrysler Automobiles) aparece com melhor desempenho no FTSE-MIB, referencial de Milão, da Itália.
  • As altas refletem o encontro conciliatório (e inesperado) entre presidentes dos EUA, Donald Trump, e o da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker.
  • Trump anunciou que os EUA e a União Europeia iniciaram uma “nova fase” em sua relação, e que devem trabalhar juntos para alcançar “zero tarifas, zero barreiras não-tarifárias e zero subsídios em produções industriais não-automobilísticas”. 

A promessa de que os dois lados não vão implementar novas tarifas entre si enquanto tentam resolver essas questões também trouxe alívio para o mercado. A notícia foi recebida bem, e impulsionou as ações das fabricantes europeias para o campo positivo.

Contexto

A proposta representa uma reviravolta do tweet do presidente dos EUA há menos de duas semanas, que ameaçou aplicar uma tarifa de 20% sobre as importações de veículos e estremeceu as relações entre continentes.

As repetidas atitudes de Trump sobre o comércio e o esforço para extrair melhores condições apenas para os EUA motivaram várias iniciativas por parte da UE para evitar uma guerra comercial. A união alertou que uma tarifa de 25% sobre as importações dos EUA adicionaria 10 mil euros (US$ 11.684) ao preço de um carro fabricado na Europa. 

A reunião das fabricantes de automóveis e a proposta dos EUA surgem quando a UE está considerando novos planos para aliviar o agravamento da tensão comercial. Trump ordenou uma investigação sobre se as importações de carros e peças de automóveis para entender se prejudicam a segurança nacional. Ele também está engajado em uma intensificação com a China, o que resultará em uma tarifa de 40% sobre os carros fabricados nos EUA que vão para o país asiático.

O plano que está sendo avaliado pelas autoridades da UE reduziria as tarifas entre as maiores nações exportadoras de carros do mundo - incluindo os EUA, a Coréia do Sul e o Japão, informou o Financial Times nesta quarta-feira (26). 

*DAX (Alemanha) +1,42%

*FTSE MIB (Itália) +1,04%

*VOW3 +3,39%

*BMW +3,49%

*FCA +4,13%

Quer investir melhor seu dinheiro? Abra uma conta na XP.

Contato