Em minhas-financas / carros

Sandero e Logan recebem 1 de 5 estrelas em teste de colisão; saiba por quê

Teste mais recente do Latin NCap deu nota baixa para ambos os modelos no mesmo quesito 

Sandero - Latin NCap
(Divulgação/Latin NCap)

SÃO PAULO – Os Renault Sandero e Logan fabricados no Brasil não apresentaram bom desempenho no teste de segurança da Latin NCap, um dos mais importantes do mercado, cujos resultados foram divulgados nesta terça-feira (12). Ambos receberam somente uma estrela, das cinco que podem ser pontuadas.

Segundo a entidade, a nota baixa é reflexo da baixa proteção que os carros oferecem para adultos, tanto em colisões frontais quanto laterais. No quesito de proteção para crianças, eles tiveram melhor desempenho e pontuaram três estrelas.

Esta é a segunda vez que o Sandero fica com apenas uma estrela no teste. A primeira foi em 2012, quando também passou pelo teste; neste ano, ele obteve somente duas estrelas na proteção para crianças.

"Esse fato surpreende levando em conta que o Sandero lançado na África, testado pelo Global NCAP, possui cintos de três pontos em todos os assentos, bem como ISOFIX como equipamento padrão. A Renault confirmou que irá melhorar o desempenho de segurança do Sandero/Logan", disse o Latin NCap em comunicado.

Como é feito o teste
São realizados dois tipos de testes: o de colisão frontal e colisão lateral. O primeiro é o mais rígido e é realizado com o veículo a 64 km/h; nos de colisão lateral, o carro é atingido por uma barreira deformável de 850 kg montada em um carro, que se desloca a 50 km/h.

O teste passou a ser obrigatório em 2016 – antes, as montadoras se voluntariavam para participar.

Invista seu dinheiro e construa um patrimônio. Clique aqui e abra sua conta na XP Investimentos 

 

Contato