Em minhas-financas / carros

Placas de veículos terão que ser trocadas para adotar padrão do Mercosul

A implementação começará a partir de setembro deste ano

Placas padrão Mercosul
(Divulgação/Rodrigo Nunes/Ministério das Cidades)

SÃO PAULO - As placas de identificação dos veículos terão que ser trocadas para atender aos requisitos do Mercosul. A resolução, de número 729, foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (7) e determina o início das trocas para 1º de setembro com prazo até 31 de dezembro 2023.

A mudança acontecerá primeiro em veículos modelo zero quilômetro, em processo de transferência de município ou propriedade, ou quando houver a necessidade de substituição de placas. Demais veículos têm até o final do prazo para mudar.

O que muda?

A nova placa deverá ter fundo branco com margem superior azul, contendo o logotimo do Mercosul, a bandeira do Brasil e o nome "Brasil". O nome da cidade e do estado estarão ao lado direito acompanhados dos respectivos brasões. Além disso, ao invés de ter 3 letras e 4 números, como ocorre atualmente, as novas placas terão 4 letras e 3 números, que podem estar embaralhados. 

De acordo com a resolução, apesar do fundo branco ser padrão, a cor dos caracteres e das bordas da placa de identificação veicular será determinada de acordo com a categoria dos veículos: cor preta para veículos de passeio, vermelha para veículos comerciais, azul para carros oficiais, dourado para diplomáticos e prateado para colecionadores. 

Todas as placas deverão possuir códigos de barras dimensionais dinâmicos (QR Code) contendo números de série e acesso às informações do banco de dados do fabricante, "com a finalidade de controlar a produção, logística, estampagem e instalação das placas nos respectivos veículos, além da verificação da autenticidade das placas". 

Quer investir melhor seu dinheiro? Clique aqui e abra uma conta na XP

 

Contato