Em minhas-financas / carros

Porsche Mission E: modelo que é concorrente direto do Tesla será vendido em 2019

As primeiras informações sobre o Mission E, tal como o conceito do carro, foram divulgadas no Salão do Automóvel de Frankfurt de 2015; CEO da montadora revelou novos detalhes sobre ele  

Porsche Mission E
(Divulgação/Porsche)

SÃO PAULO – Em entrevista recente para o portal Car Magazine, o CEO da Porsche, Oliver Blume, revelou que o aguardado Mission E, carro movido somente a energia elétrica da montadora, custará o mesmo que um Panamera de entrada, cerca de US$ 97 mil. As vendas do veículo devem começar no início de 2019, disse o CEO.

As primeiras informações sobre o Mission E, tal como o conceito do carro, foram divulgadas no Salão do Automóvel de Frankfurt de 2015, com a previsão de que as vendas iniciariam em 2020. Na época, detalhes sobre o preço do veículo haviam sido divulgados.

Sabe-se que o carro terá uma potência de 600 cavalos, alcançada através de dois motores, e que ele é capaz de atingir uma velocidade máxima de 250 quilômetros por hora. A montadora promete que ele alcança os 100 km/h em somente 3,5 segundos.

Ele contará com alguns dos recursos tecnológicos mais desenvolvidos para carros, por exemplo: um sistema de rastreamento do olhar e comando gestual, permitindo que o motorista controle o painel do carro; e a substituição do retrovisor tradicional por câmeras que capturam o que está ao redor do carro e cujas imagens são mostradas no canto esquerdo inferior do para-brisa do veículo.

O carro é um concorrente direto do Tesla Model S, hoje a maior referência de um veículo elétrico. Comparando o tempo necessário para partir da inércia aos 100 km/h, o Tesla sai na frente com uma marca de 2,3 segundos. Por outro lado, ele ficou para trás na velocidade alcançada, que foi de 201 km/h.

O preço do Tesla Model S é de aproximadamente US$ 94 mil, valor próximo do que deve custar o Mission E.

Confira a seguir as imagens já divulgadas pela Porsche do carro:

 

Contato